02:46 22 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Caça F-35 nas instalações do Lockheed Martin no Texas

    Turquia continuará na produção de caças F-35

    © Foto: Lockheed Martin
    Defesa
    URL curta
    149

    Ancara continuará a participar da produção de caças F-35 de 5ª geração, afirmou Ibrahim Kalin, secretário de imprensa do presidente turco, na quinta-feira (18).

    "A Turquia não é apenas uma compradora de jatos F-35, mas continuamos sendo e continuaremos parceiros em seu programa de produção", disse Kalin.

    Anteriormente nessa semana, Kalin avisou que a exclusão da Turquia do projeto norte-americano teria um impacto negativo para todo o programa.

    "A remoção da Turquia do programa do F-35 não vai ser uma punição para a Turquia e, sim, vai causar um dano para todo o programa. Ao invés de usar uma linguagem ameaçadora de sanções contra Turquia, eu acredito que as pessoas aqui no Congresso assim como a administração devem entender as preocupações turcas de segurança", afirmou.

    Na quarta-feira (17), o ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar, se disse satisfeito com suas negociações com o secretário de Defesa norte-americano, Patrick Shanahan. No início do dia, Akar afirmou que a Turquia cumpriu seus compromissos dentro do projeto do F-35.

    A Turquia é um dos participantes do programa internacional F-35 dos EUA. Washington, no entanto, tem ameaçado Ancara com sanções devido a uma possível aquisição de sistemas de defesa aérea russos S-400 e não descartou adiar ou o cancelar o processo de venda dos F-35 para a Turquia.

    Ancara, por sua vez, afirma que a compra de equipamentos militares é um assunto soberano e descartou a possibilidade de abandonar seus planos.

    Mais:

    Turquia diz estar disposta a rever critérios do S-400 se EUA comprovarem ameaça do sistema
    Compra dos S-400 russos não viola os compromissos da Turquia com a OTAN, diz parlamentar
    Mídia estatal da Turquia compara características dos caças Su-57 e F-35
    Que riscos enfrentaria Turquia se não ceder à pressão para abandonar acordo de S-400?
    Tags:
    defesa antiaérea, defesa aérea, F-35, S-400, Patrick Shanahan, Ibrahim Kalin, Hulusi Akar, Turquia, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar