12:58 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Míssil balístico intercontinental Yars, das Forças Armadas da Rússia, sobre um veículo transportador Kamaz, na cidade de Teykovo, região russa de Ivanovo (arquivo)

    Forças da Rússia receberão 21 mísseis intercontinentais em 2019, diz fabricante

    © Sputnik / Sergey Pyatakov
    Defesa
    URL curta
    1280
    Nos siga no

    As tropas russas receberão 21 mísseis balísticos intercontinentais (ICBMs) para os complexos móveis e silo do sistema Yars, além de 10 ICBMs Bulava este ano, declarou nesta sexta-feira Viktor Tolmachev, diretor-geral do fabricante de mísseis Votkinsky zavod.

    "Como parte da ordem de defesa do Estado para 2019, a Votkinsky zavod está fabricando 50 mísseis para os sistemas de mísseis Iskander-M, 21 mísseis balísticos intercontinentais para o sistema móvel e silo da Yars e 10 mísseis balísticos intercontinentais Bulava", disse Tolmachev.

    A partir de agora, quatro mísseis balísticos intercontinentais para o sistema de mísseis terrestres Yars, assim como 14 mísseis para os sistemas Iskander-M, foram testados, encomendados pela missão militar e enviados para unidades militares, acrescentou.

    As obrigações da empresa para cumprir a ordem de defesa do Estado de 2019 serão cumpridas na íntegra e no tempo, sublinhou o diretor-geral.

    A Marinha russa recebeu 48 mísseis de cruzeiro Kalibr e 24 mísseis supersônicos de cruzeiro anti-navio P-800 Oniks desde o início do ano, revelou o vice-ministro da Defesa da Rússia, Aleksey Krivoruchko.

    "No interesse da Marinha, 48 mísseis de cruzeiro Kalibr operacionais, 24 mísseis anti-navio Oniks e um conjunto de divisão do sistema de mísseis terrestres Bastion foram comissionados; 24 torpedos Fizik-1 foram reparados", detalhou Krivoruchko.

    A Marinha receberá três sistemas de mísseis Bastion neste ano, afirmou Alexander Leonov, diretor-geral do fabricante de mísseis NPO Mashinostroeniya.

    "Em 2019, a empresa está trabalhando na fabricação e fornecimento de três sistemas de mísseis costeiros Bastion e 55 mísseis de cruzeiro anti-navio Oniks como parte da ordem de defesa do Estado", destacou.

    Um sistema Bastion foi fabricado e sua entrega antecipada está prevista para maio de 2019, prosseguiu ele.

    "Dois sistemas restantes estão em diferentes graus de prontidão", acrescentou Leonov.

    Leonov também disse que 28 mísseis Oniks foram totalmente fabricados para entregas em série e 24 deles foram encomendados pela missão militar e estavam prontos para o embarque.

    Mais:

    Satã pacífico: saiba características do ICBM russo transformado em foguete-portador
    Rússia lança ICBM Yars contra alvo a 6.000 km de distância (VÍDEO)
    Quantos mísseis são precisos para conter ICBM russo Sarmat? Senador aponta
    Tags:
    Fizik-1, Bastion, Kalibr, P-800 Oniks, mísseis de cruzeiro, mísseis balísticos intercontinentais, icbm, Yars, Bulava, Iskander-M, NPO Mashinostroeniya, Votkinsky zavod, Alexander Leonov, Aleksey Krivoruchko, Viktor Tolmachev, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar