06:08 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Sistema de guerra radioeletrônica Palantin

    Defesa russa divulga 1ª FOTO de nova 'arma invisível'

    © Foto / Ministério da Defesa da Rússia
    Defesa
    URL curta
    7491
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa do país publicou, pela primeira vez, uma imagem da primeira unidade Palantin – o sistema de guerra eletrônica mais avançado da Rússia que recentemente entrou em serviço.

    A unidade de guerra eletrônica posicionada nos arredores da cidade russa de Voronezh será a primeira a operar o novo sistema composto por várias dezenas de veículos.

    Vale destacar que, apesar de se tratar de uma arma "invisível", este é um meio muito poderoso, já que o Palantin é capaz de suprimir qualquer sistema de comunicação via rádio, de reconhecimento eletrônico e outros sistemas de luta eletrônica.

    De fato, o Palantin é capaz de cegar o inimigo nas bandas de radiofrequência curtas e ultracurtas, além de deixá-lo sem comunicação por celulares, indica a assessoria de imprensa da entidade militar.

    Ao mesmo tempo, destaca-se que uma das peculiaridades do novo sistema é que ele pode integrar, por sua vez, um número enorme de sistemas de guerra eletrônica em uma única rede, o que aumenta substancialmente sua eficácia.

    Além disso, todos esses equipamentos são instalados em veículos com grande capacidade de superação dos terrenos mais difíceis, razão pela qual este é um sistema muito móvel. Até agora, apenas dois das várias dezenas de veículos que compõem o sistema Palantin foram exibidos.

    Este sistema passou por testes estatais em 2018 e já está em serviço das Forças Armadas da Rússia.

    Mais:

    'Frota fantasma' de drones americanos: blefe ou arma perfeita contra submarinos russos?
    Kalashnikov em vez de macaco hidráulico: teste de resistência da arma lendária (VÍDEO)
    Inteligência americana revela quando Rússia receberá 'arma apocalíptica'
    Tags:
    radioeletrônica, inimigo, arma, invisível, sistema de defesa, Ministério da Defesa da Rússia, Voronezh, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar