02:25 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Operação Vulcão, realizada pelo Exército, destruiu 100 mil armas em todo o país (imagem de arquivo)

    Revista americana lista as 5 piores armas de todos os tempos

    G.Dettmar/Agência CNJ/Fotos Públicas
    Defesa
    URL curta
    3100

    A recém-publicada matéria da revista americana National Interest fez uma lista das piores armas já fabricadas, algumas até com consequências letais para as pessoas que as manusearam.

    A revista National Interest explica que uma "arma mal concebida ou fabricada, muitas vezes acaba recebendo desprezo especial".

    Metralhadora leve Chauchat

    De acordo com o artigo, a metralhadora francesa Chauchat era produzida pela empresa de bicicletas Gladiator, e foi uma das primeiras armas automáticas já feitas para uso a nível de esquadrão. A metralhadora foi construída para o Exército francês e depois para o americano durante a 1ª Guerra Mundial.

    A arma apenas era capaz de disparar trezentas balas antes de encravar, nas melhores circunstâncias, e as trincheiras da Grande Guerra exigiam mais do que isso.

    "A arma foi mal projetada e muitas vezes batia no olho ou na bochecha do atirador se fosse mal segurada", destaca a edição.

    Por não haver outras opções de armamento, os soldados continuaram a usando.

    Apesar da arma merecer créditos por ser a primeira do seu tipo, todos os grandes exércitos a retiraram de serviço no final da guerra e a metralhadora foi substituída pelo melhorado fuzil automático M1918 Browning.

    Pistola Nambu

    Uma das pistolas menos ergonômicas já construídas, a Nambu, foi comprada de forma privada por milhares de oficiais do Exército Imperial e da Marinha do Japão e tornou-se a pistola não oficial dos militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.

    As molas de recuo duplo da pistola, assim como a mola do carregador, tornaram a remoção do carregador vazio extremamente difícil, e quase impossível quando a arma de fogo estava molhada ou oleosa — o que fez com que a arma perdesse a potência. Além disso, o cartucho de 8 milímetros tinha um poder de parada notoriamente fraco e nunca foi usado em nenhuma outra arma.

    Rifle semiautomático Gewehr 41

    Na tentativa de melhorarem suas armas, os engenheiros alemães desenvolveram o rifle Gewehr 41.

    De acordo com o autor do artigo, o rifle era caro e de fabricação complexa. Além disso, a arma exigia uma manutenção constante e meticulosa, e o seu cano ficava frequentemente obstruído.

    Embora fosse uma arma semiautomática, o carregador integrado e não destacável demorava para ser carregado, o que limitava sua cadência de tiro.

    Rifle Colt 1855

    O inventor americano Samuel Colt criou o sistema moderno de revólver, que prometia até seis disparos rápidos antes de a arma ser recarregada e foi rapidamente adotado como padrão para armas de fogo curtas. Mais tarde ele tentou elevar essa solução para o mundo dos fuzis, criando o Colt 1855 Revolving Rifle.

    Porém, a "natureza aberta do sistema revólver-cilindro e a quantidade de ruído que produzia eram aceitáveis em uma arma mantida à distância de um braço, mas não em uma arma mantida perto do rosto", destaca a revista.

    Posicionar a arma "perto do rosto também era perigoso caso a arma sofresse uma falha mecânica ou explosão", por isso, complementa a revista, "apenas mil Colt 1855 foram construídos e todo o conceito foi abandonado pela indústria de armas".

    Colt 2000

    A pistola Colt 2000 foi a resposta da lendária empresa americana à pistola Glock austríaca — e o pior dos muitos erros recentes da empresa, salienta a revista.

    O design da arma era teoricamente muito bom, mas infelizmente a pistola tinha sérios problemas de segurança, com muitos proprietários experimentando falhas na extração de obstruções, baixa precisão e recolhas por fraca segurança.

    A Colt 2000 foi publicitada como a arma que dominaria o mundo das pistolas do século XXI, mas durou apenas quatro anos no mercado dos EUA, de 1991 até seu cancelamento em 1994.

    Mais:

    Supremacia subaquática: NI recorda capacidades do submarino soviético que bateu recordes
    NI revela problemas dos caças F-22 que deveriam atacar qualquer lugar do mundo em 24h
    'Arma formidável': NI avalia capacidades do míssil hipersônico russo Tsirkon
    NI aponta próximo grande problema da Força Aérea dos EUA
    Tags:
    pior, metralhadora, pistola, rifle, armas, The National Interest
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar