17:40 19 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Boeing KC-46 Pegasus

    Força Aérea dos EUA deixa de aceitar aviões-tanque da Boeing

    © Foto: Departamento de Defesa dos EUA
    Defesa
    URL curta
    7120

    As Forças Armadas norte-americanas rejeitaram o recebimento de novos aviões-tanque KC-46A pela segunda vez em apenas um mês.

    Segundo a mídia The Seattle Times, os pilotos da Força Aérea dos EUA se recusaram a pilotar estas aeronaves por motivos de segurança.

    A presença de instrumentos e escombros dentro de uma aeronave pode corresponder a um grave perigo, isso porque os objetos podem se mover durante o voo, causando curto-circuito ou danificando o sistema.

    Entretanto, a culpa não é apenas dos mecânicos que deixaram coisas dentro das aeronaves, mas também dos profissionais de inspeção que deveriam revisar todas as seções dos aviões antes de serem entregues.

    O problema ocorre devido aos planos da Boeing de despedir aproximadamente 1.000 inspetores, ressaltando que naquela ocasião a Força Aérea dos EUA anunciou que não aceitaria mais aeronaves da Boeing até que os problemas fossem resolvidos.

    Para piorar a situação da empresa, no dia 23 de março, o fato se repetiu, ou seja, novamente foram encontrados destroços dentro de uma seção de um avião KC-46A, que foi selado durante o processo de fabricação.

    A revista norte-americana Popular Mechanics destacou que estes problemas são um indício da atitude negligente feita durante a fabricação das aeronaves, destacando ainda que a situação não é nada animadora para a empresa.

    A inclusão dos novos aviões-tanque KC-46A, baseados nos aviões comerciais Boeing 767, estava repleta de contratempos, consequentemente, as primeiras unidades foram entregues à Força Aérea dos EUA com dois anos de atraso, além de exceder custo em US$ 3 milhões.

    Vale observar que a primeira vez que os aviões da Boeing apresentaram instrumentos, destroços e resíduos deixados para trás durante o processo de fabricação foi no dia 1° de março.

    Mais:

    Pilotos de Boeing 737 Max teriam aprendido a dirigir avião com ajuda de iPad
    Substituição do Boeing 737 MAX? Novo avião comercial russo MC-21 se estreia no ar (FOTOS)
    Força Aérea dos EUA detecta 'problema sério' e suspende operações do avião KC-46
    Tags:
    Força Aérea, segurança, avião-tanque, avião, Boeing, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar