23:35 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Caça americano F-35A Lighting II na Base Aérea de Luke, nos EUA, 27 de junho de 2018

    Negócio vantajoso? Polônia considera substituir frota de aviões por F-35

    © flickr.com/ Departamento de Defesa dos EUA
    Defesa
    URL curta
    614

    A Polônia está atualmente considerando a necessidade de substituir a frota de aviões do país. As autoridades polonesas decidiram optar pela solução mais cara possível, ou seja, pela aquisição de caças americanos F-35.

    A decisão foi tomada após o acidente com um caça MiG-29, perto de Varsóvia, que causou a morte no ano passado de um piloto experiente.

    O ministro da Defesa polonês, Mariusz Blaszczak, admitiu que uma das prioridades do plano de modernização técnica das Forças Armadas do país é a aquisição de 32 caças de quinta geração, pois o Estado necessita substituir seus equipamentos obsoletos, comunicou a mídia Rynek Lotniczy.

    Especialistas do ministério polonês garantem que os aviões Su-22 e MiG-29 que estão ao serviço das Forças Armadas polonesas não cumprem os requisitos modernos para operações de combate e de segurança.

    O Ministério da Defesa polonês também considerou em 2017 a compra de 96 caças F-16 usados. Mas aparentemente o orçamento do Estado aumentou e o ministério decidiu optar por aeronaves mais modernas e mais caras.

    Para o especialista em aviação polonês Tomasz Hypki, os ambiciosos planos de compras da Polônia são em grande parte determinados pela política.

    "A Polônia está localizada em uma zona de influência norte-americana, por isso ela compra quase exclusivamente produtos americanos e, na maioria dos casos, sem concurso. Mas as relações com os vizinhos estão muito piores e a sua pior relação é com a Rússia", disse o analista à Sputnik.

    "Apesar disso, o país não tem possibilidade de receber peças de reposição e não tem acesso à tecnologia. E nada vai mudar no futuro próximo, eu acho. No que diz respeito às aeronaves, os MiG russos podem continuar voando por mais 10 anos", complementou.

    A tentativa americana de vender seus F-35 não é recente. Muitos países têm dúvidas quanto à utilidade dessa aeronave, principalmente devido às suas falhas constantes.

    Após o acidente de um F-35, ocorrido na Carolina do Sul, o exército dos EUA teve que suspender os voos desses aviões de combate para detectar possíveis defeitos técnicos.

    Entretanto, o F-35 é visto mais como um avião auxiliar do que um caça avançado, como era esperado que fosse. Apesar das suas qualidades inferiores, o preço do F-35 corresponde a cerca de 100 milhões de dólares, além dos custos com infraestruturas, formação de pessoal e manutenção. Dessa forma, Varsóvia teria que desembolsar aproximadamente US$ 3,5 bilhões de dólares dos contribuintes.

    Mais:

    Veículos militares americanos colidem na Polônia (FOTOS)
    Polônia não vai dialogar com políticos de Israel que insultam o país, diz diplomata
    Polônia quer reaproximar União Europeia e EUA na questão do Irã
    Polônia assume patrulhamento aéreo no Báltico
    Tags:
    caças, aviões de combate, F-35, MiG-29, Mariusz Blaszczak, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar