12:43 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Bombardeiro estratégico B-52 da Força Aérea dos EUA (foto de arquivo)

    Bombardeiro dos EUA treina lançamento de bombas perto das fronteiras russas (FOTO)

    © AP Photo/ Mindaugas Kulbis
    Defesa
    URL curta
    15418

    Um bombardeiro norte-americano Boeing B-52H Stratofortress foi avistado perto das fronteiras da região russa de Kaliningrado, de acordo com os dados do recurso de monitoramento Plane Radar.

    O B-52H decolou da base aérea britânica de Fairford e partiu rumo às fronteiras russas para treinar o lançamento de bombas à base da Frota do Báltico, segundo os dados do Plane Radar.

    ​Bombardeiro estratégico Boeing B-52H Stratofortress da Força Aérea dos EUA (2BW | 20BS), com o número de bordo 60-0024, que decolou da base da Força Aérea Real de Fairford, está se aproximando da região de Kaliningrado para treinar bombardeamento contra a base da Frota do Báltico

    O voo decorreu à altitude de aproximadamente oito mil metros.

    Além disso, pouco antes na mesma manhã, uma aeronave britânica de reconhecimento eletrônico Boeing RC-135W Rivet Joint analisou o espaço aéreo na região de informação de voo russa.

    Ultimamente, os aviões e drones de reconhecimento estrangeiros têm sido avistados com cada vez maior frequência perto das fronteiras e de instalações militares russas. Eles são vistos regularmente sobre o mar Báltico, junto à Crimeia e à região de Krasnodar, bem como perto das bases russas na Síria.

    Em março, perto das fronteiras da Rússia já foram registrados dois voos de bombardeiros estratégicos Boeing B-52H. O Ministério da Defesa russo tem apelado para que Washington desistisse de missões deste tipo, porém, o Pentágono recusou.

    Mais:

    Garantia de 'segurança regional': bombardeiros americanos B-52 cumprem missões na Europa
    Bombardeiros B-52 dos EUA sobrevoam águas disputadas perto da China
    Bombardeiros americanos B-52 sobrevoam ilhas disputadas no mar do Sul da China
    Tags:
    fronteiras russas, Bombardeiro, B-52, Frota do Báltico, Kaliningrado, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar