13:42 19 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Sistemas de mísseis S-400 Triumph

    EUA tentam convencer Índia a rejeitar sistemas russos S-400

    © Sputnik / Sergei Malgavko
    Defesa
    URL curta
    9122

    EUA são insistentes em suas tentativas de pressionar a Turquia para abandonar o acordo de compra dos sistemas de defesa antiaérea S-400, mas a Índia também está na mira das exigências americanas.

    Washington tenta convencer a Índia a rejeitar um acordo com Moscou sobre a compra de sistemas de defesa antiaérea S-400, oferecendo outras alternativas, disse ao Congresso, durante uma audiência, Randall Schriver, secretário assistente da Defesa para assuntos de segurança da Ásia e do Pacífico.

    "Estamos muito interessados em os ver [a Índia] fazer uma escolha alternativa. Estamos trabalhando com eles para oferecer alternativas potenciais [aos S-400]", disse Schriver.

    Ao mesmo tempo, ele observou que se o acordo prosseguir as potenciais sanções dos EUA contra a Índia, com a qual Washington vê haver "uma parceria emergente", devem tornar aquisição de S-400 "uma decisão incorreta". Schriver acrescentou que, apesar disso, os EUA vão prosseguir com medidas punitivas sob a legislação CAATSA, que foi projetada "para impor custos à Rússia".

    O Countering America's Adversaries Through Sanctions Act (CAATSA) é uma lei americana que atribui a Washington o direito de impor sanções econômicas a qualquer país que decida comprar equipamento militar russo, como os sistemas S-400.

    A Rússia caracterizou a lei como uma declaração de "guerra comercial total" e acusou os EUA de histeria russofóbica. A Índia não é o primeiro país que os EUA tentaram convencer a abandonar a compra dos S-400 russos.

    Washington tem tentado durante mais de um ano atingir o mesmo objetivo com a Turquia, ameaçando suspender as entregas de F-35, apesar de Ancara já os ter pago. O presidente da Turquia criticou as ameaças dos EUA e reafirmou a posição do país em manter o seu acordo com a Rússia.

    Mais:

    Erdogan sobre compra de S-400 russos: 'Não haverá retrocesso'
    Especialista indica fatores que permitem os S-400 superar defesa americana
    Turquia se nega a revender sistema antiaéreo russo S-400
    Tags:
    pressão, sanções, S-400, Turquia, EUA, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar