21:34 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA

    EUA preparam caças F-22 para atacarem qualquer lugar do mundo em 24 horas

    © REUTERS / Master Sgt. Kevin J. Gruenwald
    Defesa
    URL curta
    231931

    O novo programa da Força Aérea dos EUA prevê manter caças F-22 Raptor em alerta de combate permanente, ou seja, com tripulação, combustível e armas instaladas a bordo e suficientes para efetuar o primeiro ataque em um curto período de tempo.

    Segundo assegura a Força Aérea dos EUA, seus caças F-22 Raptor poderão realizar ataques em qualquer lugar do mundo em um período máximo de 24 horas, se for necessário. Tais operações serão realizadas no âmbito do programa Rapid Raptor, relata a Fox News, citando altos responsáveis das Forças Armadas dos EUA.

    O plano prevê que quatro caças F-22 devam ser permanentemente mantidos com tripulação, combustível e armas necessárias para lançar o primeiro ataque em um prazo máximo de 24 horas. Devido ao uso de tecnologias furtivas e em virtude das tecnologias de combate ar-ar contra alvos inimigos, tais ataques são de particular importância para os F-22 Raptor, asseguram as fontes.

    Além disso, a mídia também aponta que os F-22 receberam duas novas armas — os mísseis ar-ar AIM-9X e AIM-120D — que devem garantir seu "nível ótimo de capacidade letal" durante as operações em questão.

    Além de manter o F-22 Raptor pronto para realizar ataques aéreos, a Força Aérea estadunidense também planeja usá-los em ataques de tipo ar-terra. Para esse fim, os F-22 estão equipados com armas especiais, incluindo bombas GBU-32 e GBU-39.

    O F-22 é um caça bimotor, de um lugar, produzido pela empresa estatal americana Lockheed Martin. Atualmente a Força Aérea dos EUA conta com 186 veículos deste modelo.

    Mais:

    Seguindo tendências mundiais: confira alterações mais significativas no mercado de armas
    Novos blindados do Pentágono: como EUA planejam fortalecer suas forças terrestres
    Pentágono vai testar míssil de cruzeiro lançado do solo proibido pelo Tratado INF
    Paquistão testa nova 'arma inteligente' em meio às tensões com Índia (VÍDEO)
    Tags:
    prontidão de combate, aviões de combate, tripulação, caças, armas, F-22 Raptor, Força Aérea dos EUA, Lockheed Martin, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar