12:00 07 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 71
    Nos siga no

    As manobras Pátria Azul 2019, que se iniciaram no dia 27 de fevereiro, ocorrerão durante quatro dias e contarão com a participação de 103 embarcações da Marinha da Turquia.

    Durante as manobras turcas, serão realizadas simulações navais, onde o país demonstrará todo o potencial, colocando à prova sua frota, que mostrará capacidades em três mares ao mesmo tempo, pela primeira vez na história. A frota turca estará presente nos mares Negro, Egeu e Mediterrâneo.

    ​A Turquia iniciou a maior manobra naval em sua história.

    Os quatro dias de manobras contarão com fragatas, corvetas, navios de assalto, submarinos, caçadores de minas, entre outros, segundo informa a agência Anadolu.

    Além disso, as operações receberão o apoio de caças e helicópteros turcos. Os exercícios foram planejados com seis meses de antecedência e dentro dos parâmetros estabelecidos pela OTAN.

    Os exercícios possuem o objetivo de demonstrar a melhorada frota turca, bem como manifestar objetivos geopolíticos e a agenda político-militar para um desenvolvimento futuro.

    "Nada se pode fazer no Mediterrâneo sem a Turquia. Não permitiremos", declarou o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, após informar que a Turquia começaria a perfurar em busca de petróleo e gás nas proximidades do Chipre.

    Entretanto, essa medida poderia elevar as tensões com o Chipre e com a Grécia, ou seja, a hostilidade entre Atenas e Ancara, que já dura há décadas, pode piorar devido a disputas sobre o Egeu.

    Mais:

    Erdogan diz que 'só a Turquia poderá controlar zona tampão no norte da Síria'
    'Terroristas não podem ser aliados': Turquia responde a EUA sobre 'devastação econômica'
    Turquia se prepara invadir Síria
    Tags:
    exercício naval, exercícios militares, manobras navais, manobras, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar