11:18 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    F-15 da Força Aérea Israelense

    Israel estaria considerando seguir exemplo de EUA e obter novos caças F-15

    © AP Photo/ Ariel Schalit
    Defesa
    URL curta
    763

    Força Aérea israelense deve decidir nos próximos meses sobre a compra de novos caças F-15IA.

    Recentemente, a Força Aérea norte-americana está se decidindo pela aquisição de novos caças avançados F-15X da Boeing, juntamente com os caças furtivos F-35 da Lockheed Martin.

    Segundo a agência de notícias Bloomberg, a Força Aérea norte-americana está requerendo fundos do orçamento para adquirir oito caças F-15X, dos possíveis 80 caças que deverão ser comprados dentro dos próximos cinco anos, com o objetivo de formar um total de três esquadrões de 24 aeronaves cada um, com oito de reserva.

    O caça F-15X é uma versão modificada dos caças vendidos para o Qatar. No caso, seriam fornecidas duas versões do caça, uma versão monolugar, o F-15CX, e outra bilugar, o F-15EX, capazes de transportar uma maior quantidade de mísseis que o F-15 atual.

    Com relação aos valores, a Boeing oferece os caças por um valor de aproximadamente US$ 80 milhões (R$ 298 milhões) por unidade, enquanto os F-35 são estimados em US$ 89 milhões (R$ 330 milhões) cada um.

    Perante as crescentes "ameaças" no Oriente Médio, a Força Aérea israelense deve decidir nos próximos meses sobre a aquisição de novas aeronaves para atualizar seus atuais esquadrões.

    Conforme a Força Aérea e o Ministério da Defesa de Israel, o país está considerando um dos maiores acordos de defesa da história com a Boeing, com um valor aproximado de US$ 11 bilhões (R$ 40 bilhões), incluindo a frota de caças F-15IA, helicópteros de transporte Chinook e aeronaves de reabastecimento KC-46.

    As forças israelenses já receberam 12 caças F-35I, de um total de 50 aeronaves, que devem ser entregues até 2024. Entretanto, o país está ponderando a possível aquisição de outras 25 unidades do F-35, segundo o jornal The Jerusalem Post.

    Porém, o avançado caça F-35 é considerado como limitado, principalmente no que diz respeito às armas e armazenamento interno de munições para manter a baixa visibilidade aos radares, o que está contribuindo para que os israelenses analisem a necessidade de modernizar a frota dos esquadrões de F-15.

    O modelo F-15IA é um dos mais avançados, além de possuir uma boa relação custo-benefício, apresentando diversas atualizações, como motores mais eficientes e sistema de controle por cabo elétrico.

    Além disso, a aeronave será capaz de transportar aproximadamente 13.380 quilogramas de munições, além de utilizar diferentes tipos de munições, podendo atingir alvos múltiplos simultaneamente.

    Isso faz com que os responsáveis oficiais israelenses acreditem na possibilidade de utilizar ambas as aeronaves em forças mistas com o objetivo de realizar um número diversificado de operações complexas, tais como um eventual confronto com o Irã em suas fronteiras.

    Mais:

    Caça chinês de 5ª geração J-31 seria uma réplica do caça americano F-35
    Caça F-35 está entre os 5 piores caças dos EUA, aponta mídia
    Analistas americanos duvidam da capacidade do F-35 de derrubar mísseis balísticos
    Tags:
    aeronaves, avião de combate, avião de ataque, avião de assalto, F-15, F-35, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar