07:32 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Destróier de mísseis norte-americano USS Donald Cook da classe Arleigh Burke (foto de arquivo)

    EUA enviam destróier ao mar Negro pela 2ª vez

    CC0 / Fotos da Marinha dos EUA
    Defesa
    URL curta
    1043
    Nos siga no

    O destróier norte-americano USS Donald Cook se dirigiu ao mar Negro pela segunda vez desde o início do ano, informou o site da Sexta Frota dos Estados Unidos.

    "Cada visita aqui nos dá uma oportunidade única de cooperar com os nossos parceiros marítimos regionais", declarou o comandante Matthew Powel.

    Segundo o comunicado, essa passagem reforçará a estabilidade na região. Planeja-se que o Donald Cook realize manobras conjuntas com os aliados da OTAN e outros parceiros.

    Os representantes do Centro de Gerenciamento de Defesa Nacional afirmaram que os navios russos estão controlando as ações do destróier norte-americano. O controle direto é realizado pelo navio de mísseis pequeno Orekhovo-Zuevo e pelo navio de reconhecimento Ivan Khurs.

    Em janeiro, o Donald Cook já tinha entrado no porto de Batumi e participado de exercícios com dois navios da Guarda Costeira da Geórgia. O acontecimento provocou uma reação negativa da parte russa.

    O senador Aleksei Pushkov assinalou que tais passagens não qualquer relação com a manutenção da segurança e aconselhou os EUA a "ficarem mais longe do nosso litoral".

    O deputado da Crimeia Mikhail Sheremet chamou atenção ao fato de que Washington começou a abusar do espirito pacífico e de contenção da Rússia. Ele acrescentou que a política agressiva dos EUA não pode continuar infinitamente.

    Mais:

    Redução de custo poderia sair cara ao projeto do destróier Zumwalt dos EUA (FOTOS)
    Destróier futurista da Marinha dos EUA custa caro e não tem missão definida, segundo mídia
    Presença de destróier dos EUA no mar Negro aumenta risco de provocações, afirma analista
    Tags:
    manobras, parceiro, estabilidade, visita, passagem, navio, destróier, Marinha dos EUA, Rússia, EAU
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar