11:30 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Família de veículos Oshkosh JLTV

    Blindado tão esperado pelos EUA é destroçado por soldados nos primeiros dias de serviço

    © Foto/ Oshkosh Defesa
    Defesa
    URL curta
    142010
    Nos siga no

    Mais de 4 anos para foram necessários para organizar as entregas para as Forças Armadas dos EUA do novíssimo veículo tático conhecido sob a sigla em inglês JLTV (veículos táticos leves), mas os soldados americanos o quebraram em menos de quatro dias, informa o Task&Purpose.

    Um acidente com um veículo tático ocorreu no centro de treinamento de Fort Stewart, na Geórgia. De acordo com a edição, a brigada de tanques recebeu o primeiro JLTV em 14 de janeiro mas o veículo ficou inoperacional em poucos dias.

    Novo JLTV da 3ª Divisão de Infantaria 72 horas depois

    Durante as aulas da condução, um veículo novo de 6 toneladas capotou, o capô se abriu e diversas peças de plástico caíram, sendo visíveis vestígios de derramamento de líquido. Os militares não foram afetados. De notar que o veículo blindado foi produzido pelo fabricante de caças supersônicos Lockheed Martin.

    "Este carro novo é dirigido de maneira diferente do que o Humvee ou MRAP. Agora os motoristas estão procurando a técnica correta de o dirigir", disse o major Pete Bogart, representante oficial de Fort Stewart.

    ​Os militares da 3ª Divisão de Infantaria estão prontos para experimentar os novos veículos táticos leves (JLTV), os primeiros veículos vão chegar hoje em Fort Stewart

    Segundo ele, os motoristas militares fazem dois cursos de 5 dias para dirigir o novo veículo e as primeiras impressões são positivas, os militares ficaram especialmente impressionados com a direção suave do novo carro.

    O JLTV foi desenvolvido para substituir o blindado HMMWV como o veículo utilitário principal dos militares americanos. O novo veículo é 40% mais leve e equipado com um motor híbrido, pode ser lançado de paraquedas e servir como gerador de energia móvel.

    No teto do veículo blindado há espaço para um módulo de combate de controle remoto e o armamento pode ser substituível. Podem ser instaladas metralhadoras de 7,62 mm, lançador de granadas automático, mísseis anti-tanque TOW e outras opções.

    Mais:

    Caça F-35 está entre os 5 piores caças dos EUA, aponta mídia
    Nova estratégia de defesa antimíssil deixa EUA sem proteção, segundo revista americana
    Análise: que vantagens possui tanque russo Armata sobre Abrams americano?
    Conheça tanque norte-americano que quer desafiar seu concorrente russo
    Tags:
    treinamento militar, veículo blindado, Forças Armadas, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar