08:13 21 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    As Forças Armadas da Ucrânia receberam radares norte-americanos de detecção antiartilharia, 14 de novembro de 2015

    Ucrânia está disposta a comprar drones de ataque turcos

    © Sputnik / Mikhail Markiv
    Defesa
    URL curta
    525
    Nos siga no

    A Ucrânia comprará drones de ataque turcos Bayraktar TB2, informou no Facebook o presidente ucraniano Pyotr Poroshenko.

    "Esses novíssimos drones de ataque de nível tático-operativo, além das características de ponta, também podem ser adicionalmente equipados com foguetes de alta precisão para destruição de veículos blindados, construções de engenharia e fortificação, bem como alvos marítimos", declarou o presidente ucraniano.

    Pyotr Poroshenko chamou a este acordo de parte das iniciativas destinadas a ampliar a cooperação militar entre a Ucrânia e Turquia. Segundo ele, a decisão corresponde ao "curso estratégico da Ucrânia na OTAN" e contribui para a integração do complexo militar-industrial da Ucrânia no mercado mundial de armamento.

    Anteriormente, a Ucrânia comprou fuzis canadenses produzidos pela empresa PGW Defence Technologies. O primeiro lote de armas será fornecido já neste ano. Em dezembro de 2018, o ministro da Defesa ucraniano informou que o país compraria cerca de vinte tipos de armas que as Forças Armadas ucranianas ainda não dispõem.

    A Rússia avisou mais de uma vez sobre o fornecimento de armas a Kiev, que pode levar à escalação do conflito no Leste da Ucrânia, não contribuindo para a sua resolução e realização dos acordos de Minsk. A chancelaria russa sublinhou também que Moscou está preocupada com o fornecimento planejado de armas letais à Ucrânia.

    Mais:

    Turquia abre investigação criminal após naufrágio com marinheiros da Ucrânia
    Só extraterrestres podem ajudar Ucrânia a passar para mar de Azov, segundo senador russo
    Ucrânia não aceitará observadores da Rússia em eleições presidenciais, diz ministro
    Senadores americanos qualificam Ucrânia como 'problema incontrolável' para EUA e UE
    Representante da Ucrânia na ONU: situação em Donbass não será resolvida em breve
    Tags:
    drones, fornecimento, compra, militar, Forças Armadas da Ucrânia, Turquia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar