11:49 17 Janeiro 2019
Ouvir Rádio
    Submarino índio durante o Exame da Frota Internacional em 6 de fevereiro de 2016

    5 curiosidades sobre submarinos que quase ninguém sabe

    © AFP 2018 / STR
    Defesa
    URL curta
    1270

    Contemplando a engenharia naval, apresentamos cinco coisas que quase ninguém sabe sobre os submarinos.

    Como todos nós já sabemos e assistimos em diversos filmes, os submarinos possuem um sistema de Navegação e Determinação da Distância pelo Som (Sonar), porém, o sistema de sonar ativo não emite o mesmo som dos filmes, na realidade o submarino produz sons bem diferentes.

    O "ping" que escutamos em filmes não é real. Nos navios de superfície o sonar emite um conjunto de ruídos altos que soam como "whoop". Além disso, o som do sonar de um submarino é algo complexo e consiste em uma série de beeps e whoops, maximizando o leque de cobertura das frequências.

    Vale ressaltar que, o sonar ativo quase não é utilizado, e mesmo se quando utilizado ele emitisse um "ping", como nos filmes, ninguém seria capaz de escutá-lo constantemente durante o movimento de um submarino através do oceano. O sonar ativo denuncia a posição do submarino, mas os submarinos foram criados para serem furtivos. Assim, um submarino faz quase tudo de modo passivo.

    Isso não é tudo, a tela do sonar também não é semelhante à que é vista nos filmes, já que nos filmes mostram telas de radar, onde uma linha reta gira em torno da posição do navio. Enquanto as emissões do sonar não giram e o som é mais lento do que a luz, a tela do sonar é atualizada conforme a distância do navio.

    A informação mais próxima ao submarino é atualizada primeiramente, expandindo o círculo para fora do centro. A tela do sonar passivo é conhecida como "tela em cascata", onde o eixo horizontal do display mostra o azimute e frequência, enquanto o tempo é mostrado no eixo vertical.

    Os submarinos também são capazes de utilizarem técnicas fascinantes para não serem captados pelo sonar. Eles podem se esconder dentro de remoinhos, na "zona de sombra" que é criada pela diferença de temperaturas entre a superfície e as profundezas do oceano, atrás de desfiladeiros, entre outros obstáculos.

    Contudo, uma das maneiras fascinantes utilizada pelos submarinos para se esconderem do sonar, é vazando os tanques de resíduos, atraindo grandes cardumes de peixes que servem como ruído biológico para esconder o rastro do submarino, conforme o portal Wonderful Engineering.

    Para concluir, os submarinos também são capazes de decifrar comunicações de voz debaixo d'água. Os sistemas dos submarinos permitem captar as menores variações de ruídos dos equipamentos que são coletados pelo sonar passivo, permitindo rastrear os contatos inimigos sem produzir qualquer indício de som.

    Além disso, os submarinos podem receber transmissões de voz. Isso devido ao fato de que todos os navios de superfície e submarinos possuírem um "telefone subaquático", que transmite a voz utilizando um espectro secundário que pode ser escutado e respondido por submarinos.

    Mais:

    Novo míssil chinês de lançamento submarino poderia causar sérios danos nos EUA, diz mídia
    China estaria a ponto de ser dona do míssil balístico submarino mais potente do mundo?
    Portal americano simula ataque nuclear de submarino russo aos EUA
    Tags:
    sonar, submarino atômico, submarino nuclear, submarino
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik