02:04 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Desfile militar na Índia, janeiro de 2017, foto de arquivo

    Da Índia ao Chile: conheça os 4 desfiles militares mais insólitos do mundo

    © Sputnik / Bernat Armangue
    Defesa
    URL curta
    5182

    Não se pode imaginar o exército sem marcha – treinamento básico da preparação dos militares. A marcha contribui para habilidade de reagir instantemente a ordens. Afinal de contas, para um simples civil os desfiles sempre são vistos como algo espetacular.

    Cada exército tem sua peculiaridade, no entanto, a Sputnik apresenta a lista dos desfiles mais incomuns do nosso planeta.

    Índia

    Este país se destaca por ser dono dos desfiles mais coloridos. Anualmente, mais precisamente no Dia da República (26 de janeiro), a capital do país sedia um verdadeiro "carnaval militar". A marcha solene é efetuada por nove ou doze regimentos de todas as espécies das Forças Armadas da Índia. As fardas multicolores e capacetes insólitos enchem os olhos de espectadores. O mais destacado é o serviço fronteiriço, cujos militares entram montados em camelos.

    O clima carnavalesco é reforçado com carros alegóricos repletos de atores que contracenam a história do país. O equipamento militar que participa dos desfiles em sua maioria é de produção indiana, no entanto, os tanques T-90C adquiridos da Rússia são apresentados anualmente. O desfile militar na Índia é encerrado com know-how local — show acrobático dos motociclistas militares.

    Grécia

    Na Grécia, o Dia da Independência (25 de março) é destacado pela realização do desfile militar. Tudo é feito de um jeito muito militar: sem demasia, decorações e sem danças. Mas tudo isso não tem nada a ver com os famosos Evzones — efetivos da Guarda Presidencial que costumam encerrar o evento.

    Os Evzones provocam reações bem vivas por parte do público. Tudo é explicado pelo uniforme tradicional e muito incomum. Militares desta guarda de elite vestem meias brancas de lã, saia sanfona, sapatos de couro com grandes pompons pretos, fitas e chapéus vermelhos.

    Por mais engraçados que pareçam estes homens, o uniforme é bem tradicional e cada elemento é ligado com a história multissecular do país. Além disso, a Guarda Presidencial é composta pelos melhores dos melhores militares da Grécia.

    Angola

    Os militares de Angola que estudam no Instituto de Engenharia de Blindados de Omsk (Rússia) surpreenderam todos em 23 de fevereiro do ano passado com uma marcha muito incomum realizada por ocasião do Dia do Defensor da Pátria.

    Trinta homens vestindo ushanka (tradicional gorro russo) marcharam pela praça com movimentos que mais parecem uma dança ritual, deixando todos os presentes pasmos. O vídeo ganhou fama na web.

    Chile

    O Chile costuma realizar o desfile militar principal em 19 de setembro na capital, Santiago. O que mais atrai atenção é o uniforme dos soldados chilenos que não mudou desde a modernização das Forças Armadas no século XIX.

    A ideia foi copiada do exército prussiano. E se os guardiões com uniforme de gala e capacetes brilhantes com plumagens têm um ar muito solene, os militares da infantaria vestem capacetes da Wehrmacht dos tempos da 2ª Guerra Mundial e um uniforme cinza.

    A implementação dos elementos do uniforme da Wehrmacht foi contribuída pelo ditador Augusto Pinochet que gostava de tudo alemão. No início da Segunda Guerra Mundial, o Chile era um país neutro com estreitos laços econômicos com Alemanha. Foi supostamente nesse período quando o Chile recebeu da Alemanha um lote grande de capacetes militares que o exército usa hoje em dia.

    Mais:

    Coreia do Norte celebra 70º aniversário sem mísseis intercontinentais no desfile (FOTOS)
    Ensaio do principal desfile militar da Marinha da Rússia
    Ensaio do desfile militar do Dia da Vitória
    Tags:
    desfile militar, militares, Angola, Grécia, Chile, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar