07:53 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Lançador múltiplo de foguetes TOS-1ª Solntsepyok (imagem referencial)

    Rússia cria projeto para desenvolvimento de lançador múltiplo de foguetes para navios

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Defesa
    URL curta
    2210

    Um projeto de novo lançador múltiplo de foguetes (LMF) de baseamento em navios foi criado pela Rússia, declarou Sergei Abramov, diretor industrial do departamento de armas convencionais, munição e química especial da Rostec, em entrevista à Sputnik.

    "Nós temos um novo projeto de LMF de baseamento em navios. Além disso, há novidades na esfera de projéteis para esses sistemas, bem como na esfera de bombas", disse Abramov.

    Em se tratando de munição para o LMF em questão, ele ressaltou projétil não guiado com ogiva de fragmentação altamente explosiva e novo projétil não guiado com ogivas de fragmentação cumulativa.

    Sistema de mísseis terra-ar Buk-M2 durante o ensaio geral da parada militar (foto do arquivo)
    © Sputnik / Host Photo Agency/Iliya Pitalev
    Abramov também lembrou que em 2017 foi iniciada a produção em série de nova bomba antissubmarino Zagon-2, que é altamente silenciosa e pode passar até quatro minutos suspensa na superfície do mar.

    O diretor industrial revelou que está sendo desenvolvido um novo projétil de maior eficiência para aeronaves. Abramov acrescentou ainda que o Ministério da Defesa da Rússia analisa a eficácia das novidades através da experiência recebida em operações militares na Síria.

    Como resultado, observou Abramov, o armamento russo não mostrou nenhum problema grave, e as pequenas modificações foram realizadas por especialistas russos em combates.

    Mais:

    The National Interest indica corveta russa como navio do futuro
    NI avalia modernização do helicóptero 'mortífero' Mi-28
    Bombardeiro Tu-160 russo vs B-1B Lancer estadunidense: qual é o melhor?
    Rússia irá fornecer seus sistemas de artilharia Samum a 12 países
    Tags:
    munições, lançador de foguete, Rostec, Ministério da Defesa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar