17:36 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldado com arma de fogo de infantaria (imagem referencial)

    Lendária arma de fogo de infantaria soviética é encontrada na África (VÍDEO)

    © Sputnik / Vitaly Timkiv
    Defesa
    URL curta
    1110

    Uma cópia do RPG-2 soviético foi avistada em serviço das Forças de Defesa do Povo da Tanzânia. Trata-se do lançador de granadas Tipo 56, sua produção foi estabelecida na China com ajuda de especialistas da União Soviética.

    No vídeo que foi publicado nas redes, os combatentes estão treinando o uso dessa arma antitanque em um dos campos de instrução do país.

    Soldados da Força de Defesa do Povo da Tanzânia disparando lança-granadas antitanque portáteis chineses Tipo 56, uma cópia do RPG-2, durante treinamentos 

    O RPG-2 de 40 mm foi criado no final dos anos 40, no ano que vem ele completará 70 anos desde o início de sua produção em massa. Naquela época, esta era uma arma bastante poderosa e era capaz de destruir a maioria dos tanques médios e pesados.

    A penetração de blindagem de uma granada de 80 mm, pesando apenas 1,84 kg, atingia 200 mm. O lançador de granadas pesava 2,86 kg, o que é relativamente pouco. O comprimento é de quase 1 m, o alcance de tiro direto é de 150 m e a velocidade inicial da granada é de 84 m/s.

    O RPG-2 foi por muito tempo a principal arma antitanque dos guerrilheiros vietnamitas, que travavam uma guerra de libertação contra os americanos e seus fantoches. Contra os tanques M48 e os veículos blindados M113 foram usados exemplares tanto da URSS e China, como feitos no próprio Vietnã do Norte.

    Sabe-se que o fuzil de assalto Kalashnikov está representado nos brasões de muitos países africanos, e o RPG-2, que foi usado ativamente em todo o continente, também poderia ser considerado como um símbolo das lutas de libertação nacional.

    Este lançador de granadas simples e confiável permaneceu em serviço de vários países por muito tempo. Posteriormente surgiram modelos mais avançados, no entanto, como vemos no vídeo, o RPG-2 ainda não é totalmente uma coisa do passado.

    Mais:

    'Eterno' tanque T-55 soviético é flagrado em manobras do Exército da Mongólia (FOTO)
    Que países preferiram armas russas às americanas em 2018
    Cópia de antigo míssil soviético? Testes do 'inovador' Neptun ucraniano causam polêmica
    Tags:
    serviço, soviéticas, lança-granadas, RPG, Tanzânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar