18:56 23 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Vista aérea do prédio pentagonal de cinco lados, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, em Arlington, Virgínia.

    Trump aumenta orçamento do Pentágono para US$ 750 bilhões em 2019

    © AP Photo /
    Defesa
    URL curta
    1670

    O presidente dos EUA, Donald Trump, concordou com a proposta do secretário da Defesa, Jim Mattis, de aumentar o financiamento do Departamento de Defesa para US $ 750 bilhões em 2019, informou a mídia local, citando fontes da administração norte-americana.

    De acordo com a emissora CNN, Trump abandonou a idéia de reduzir o financiamento do Departamento de Defesa e liberou a alocação de US $ 750 bilhões para a agência após uma reunião com Mattis e alguns congressistas dos EUA na semana passada.

    Na semana passada, Trump disse que os gastos com a defesa dos EUA eram "loucos" e expressou esperança de manter conversações com o presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente chinês, Xi Jinping, no futuro, para pôr fim à "corrida armamentista incontrolável".

    Com o novo aumento, no entanto, o orçamento do Departamento de Defesa para o próximo ano será em US$ 80 bilhões superior ao deste ano.

    O orçamento de defesa dos EUA para o ano fiscal de 2019, que começou em 1º de outubro, inclui o restabelecimento do Comando Espacial dos EUA. Também orienta a Agência de Defesa contra Mísseis dos EUA a iniciar os trabalhos para implantação de sistemas capazes de rastrear e interceptar mísseis balísticos no espaço. De acordo com o documento, o desenvolvimento desses programas devem ser concluídos antes de 2023, enquanto o sistema de interceptação de mísseis pode ser implantado posteriormente.

    Em outubro, Trump disse que os Estados Unidos estavam criando uma força espacial para alcançar a China e a Rússia.

    Mais:

    Pentágono não consegue explicar para onde está indo o dinheiro dos EUA, segundo relatório
    Chefe do Pentágono nega participação de príncipe saudita em assassinato de jornalista
    Pentágono: EUA vão instalar 'postos de observação' ao longo da fronteira sírio-turca
    Congresso e Pentágono seguem tentando impedir que a Turquia adquira os S-400 russos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar