02:05 19 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Veículo antitanque Sprut-SDM1 durante o fórum EXÉRCITO 2016

    Tropas Aerotransportadas da Rússia esperam pelo novo 'destruidor de tanques'

    © Sputnik / Aleksei Filippov
    Defesa
    URL curta
    2140

    O Sprut-SDM1 é equipado com um motor mais potente, um sistema de controle de tiro avançado, equipamento de pontaria moderno e um sistema automático de acompanhamento de alvos.

    O Sprut-SDM1 é um veículo projetado com base no veículo BMD-4M, equipado com um motor mais potente, um sistema de controle de tiro avançado, equipamento de pontaria moderno e um sistema automático de acompanhamento de alvos.

    O Ministério da Defesa realizará no próximo ano novos testes com o veículo modernizado para as Tropas Aerotransportadas da Rússia. O Sprut-SDM1 possui potência de fogo de um tanque e capacidade de manobra de um veículo de combate de infantaria, além de ser capaz de superar obstáculos aquáticos de qualquer profundidade.

    Vale ressaltar que se trata de um veículo leve por pesar apenas 18 toneladas, permitindo que o veículo seja lançado de paraquedas com a tripulação de alturas entre 400 e 1.500 metros através do sistema strapdown, ou desembarcado de um navio.

    Com relação ao poder de fogo do veículo, ele possui um canhão 2A75 de 125 milímetros com um cano longo de calibre 48, tendo um poder de fogo similar ao dos tanques T-72 e T-90.

    Além disso, ele recebeu um novo sistema de mísseis guiados capaz de atingir blindados a cinco quilômetros e uma metralhadora de calibre 7,62 mm de controle automático, além de uma metralhadora coaxial de 7,62 mm.

    A blindagem da parte frontal do veículo é reforçada com placas de aço que resistem munições de 12,7 milímetros.

    O veículo autopropulsado pode atingir uma velocidade entre 40 e 50 km/h em estradas de terra, 70 km/h em asfalto e 10 km/h sobre a água.

    O primeiro exemplar do veículo modernizado foi apresentado ao público durante o fórum militar EXÉRCITO 2015, entretanto, o veículo ganhou um novo "coração", o motor a diesel, que possui uma potência de 500 cv ao invés dos 450 cv anteriores.

    Maiores detalhes sobre a modernização do compartimento da tripulação ainda não foram divulgados. Porém, é possível afirmar que o SDM1 receberá um sistema de controle de incêndio modernizado, além de novos equipamentos de observação de alto desempenho.

    Além disso, o veículo também poder ser operado remotamente, permitindo a utilização de suas armas a qualquer momento. Com o sistema de alvo automático, o operador precisará apenas determinar qual será o alvo a ser capturado pelo sistema de mira.

    O SDM1, também contará com novos sistemas de comunicação, juntamente com um moderno sistema de controle tático, permitindo a comunicação da tripulação de maneira rápida e eficiente.

    O veículo das Tropas Aerotransportadas da Rússia é um "destruidor de tanques" que nasceu como uma versão totalmente modificada do canhão autopropulsado Sprut-SD, integrado às Tropas Aerotransportadas em 2005.

    Mais:

    T-90A russo é considerado o tanque mais letal de todos por revista americana
    'Não é uma brincadeira': jornal americano avalia capacidades do tanque russo T-80
    Conheça Shturm, tanque robótico russo para combates urbanos
    Tags:
    tanque, veículo blindado, veículo de combate, veículo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik