17:04 09 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militares russos lançam fogo da peça de artilharia autopropulsada 2S5 Giatsint durante os exercícios (foto de arquivo)

    NI: Rússia pode ter encontrado nova maneira de destruir 'grandes canhões' inimigos

    © Sputnik / Vitaly Ankov
    Defesa
    URL curta
    3391

    O mais recente sistema termoacústico de reconhecimento de artilharia 1B75 Penitsillin pode ser um novo método de combater a artilharia, relata a revista The National Interest.

    A revista destaca que, para detectar e processar ruídos e energia cinética, o sistema de reconhecimento usa quatro localizadores termoacústicos, uma grande plataforma de estabilização e um módulo ótico-eletrônico. O Penitsillin é equipado com seis câmeras convencionais e seis câmeras térmicas para a leitura de dados em alta velocidade. Além disso, durante o reposicionamento, o alto mastro com o módulo ótico-eletrônico instalado pode ser dobrado para trás.

    O sistema é capaz de detectar um alvo em cinco segundos em um raio de até 25 quilômetros, assim como determinar antecipadamente a precisão e o local de impacto dos projéteis do adversário. Segundo os representantes da estatal russa Rostec, que desenvolveu o sistema, os detectores são tão precisos que podem até mesmo detectar o fechamento de uma porta. Ao mesmo tempo, o Penitsillin é completamente automatizado para minimizar o fator humano.

    A vantagem desse novo sistema perante outros sistemas de reconhecimento de artilharia modernos é a baixa probabilidade de sua detecção pela artilharia inimiga. Isso se deve ao fato de o Penitsillin não usar ondas eletromagnéticas como as emitidas por estações de radar.

    O sistema termoacústico de reconhecimento de artilharia foi anunciado pela primeira vez em 2017. No momento, os testes estão sendo finalizados para começar sua produção em série até 2020.

    Mais:

    Novo submarino nuclear russo sai ao mar para testes, diz mídia
    Modificação 'secreta' do tanque americano M60 surge no Egito (FOTO)
    Frota do Irã no golfo Pérsico é reforçada com novo destróier
    Tags:
    inimigos, arma, artilharia, Rostec, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik