13:36 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    As forças da OTAN na Letônia

    Flanco oriental da OTAN será reforçado em 2019, relata imprensa

    © REUTERS / Ints Kalnins
    Defesa
    URL curta
    113

    O Ministério da Defesa da Bélgica decidiu aumentar a presença belga no chamado "flanco oriental" no próximo ano, comunica a mídia local.

    A emissora RTBF comunica que, ao longo do ano que vem, o país europeu enviará uma fragata com 175 tripulantes e um navio de guerra de minas, com uma tripulação de 45 homens, ao mar Báltico, por um período de quatro meses.

    Além disso, quatro caças-bombardeiros F-16 da Força Aérea belga e cerca de 55 soldados do país serão enviados para a Lituânia.

    A entidade decidiu ainda deslocar duas subdivisões de blindados com 250 efetivos para o comando na OTAN na região do Báltico e na Polônia, tendo como objetivo reforçar os contingentes alemão e francês na área.

    Em 2016, durante a cúpula em Varsóvia, os países-membros da Aliança Atlântica decidiram posicionar batalhões multinacionais na Letônia, Lituânia, Estónia e Polônia. A presença cada vez maior da Aliança nas proximidades da fronteira russa tem gerado descontentamento e protesto por parte de Moscou.

    Mais:

    Finlândia investiga falhas nos sistemas de GPS durante manobras da OTAN
    Por que Espanha permite a navios russos entrarem em seus portos apesar da fúria da OTAN?
    Ideia de exército europeu de Macron indica 'fratura emergente na OTAN', diz político turco
    Tags:
    tropas, flanco oriental, OTAN, Bélgica, Europa, Países Bálticos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik