03:19 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Desenho de um avião supersônico

    Aeronave supersônica experimental encomendada pela NASA começa a ser fabricada

    © Foto : Lockheed Martin
    Defesa
    URL curta
    31311

    A Lockheed Martin iniciou a produção do avião supersônico experimental X-59 encomendado pela NASA no valor estimado de US$ 250 milhões (R$ 935,6 milhões).

    A X-59 surgiu como a solução da empresa norte-americana para atender ao pedido da NASA de desenvolver uma aeronave capaz de atingir velocidades supersônicas sem produzir o estrondo ensurdecedor que ocorre quando ultrapassa a barreira do som, informou o canal CNBC.

    Ela é projetada para voar a cerca de 17 quilômetros de altitude e atingir a velocidade de 1.500 quilômetros por hora. 

    As atuais regulamentações limitam os voos de aeronaves supersônicas comerciais, mas empresas como a Boom Technology estão tentando adotar a tecnologia supersônica para usar em rotas transoceânicas.

    A Lockheed Martin e a NASA querem acelerar o desenvolvimento da tecnologia através da redução do ruído e, assim, contornar as regulamentações. 

    "O design alongado e fino da aeronave é a chave para alcançar a redução do estrondo. Ao entrarmos na fase de fabricação, a estrutura da aeronave começa a tomar forma, levando-nos mais perto de possibilitar viagens supersônicas de passageiros em todo o mundo", disse Peter Iosifidis, gerente do programa Low Boom Flight Demonstrator (Demonstrador de Voo de Baixo Estrondo, em português) da Lockheed Martin.

    O primeiro voo do X-59 está programado para 2021 com o objetivo principal de coletar dados sobre a aceitabilidade do nível de ruído gerado pela aeronave, o que ajudará a NASA a estabelecer um padrão de ruído supersônico comercial aceitável para uma possível mudança dos regulamentos.

    Mais:

    Tudo o que você precisa saber sobre caça F-52 citado por Trump
    Para que caça russo Su-57 precisa de peculiar pintura 'pixelada'?
    Imprensa ocidental receia aeronave russa da '3ª Guerra Mundial'
    Tags:
    voos, fabricação, avião supersônico, NASA, Lockheed Martin, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik