00:34 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Boeing KC-46A Pegasus

    Mídia: novo avião de reabastecimento dos EUA será essencial para os caças norte-americanos

    © ermaleksandr
    Defesa
    URL curta
    310

    Em breve os EUA deverão receber seus primeiros 18 aviões de reabastecimento e transporte aéreo KC-46A, que provavelmente substituirão a frota de KC-135 Stratotankers.

    O KC-46 Pegasus deverá ser uma aeronave eficiente, já que ela poderá transportar até 96.297 kg de combustível, quantidade suficiente para reabastecer até 20 caças F/A-18 em apenas um voo. Além disso, o avião será capaz de realizar múltiplos reabastecimentos e possui motores Pratt & Whitney PW4062, atingindo uma velocidade máxima de 494 nós e uma velocidade de cruzeiro de 460 nós.

    Caça F-35B Lightning II da Marinha dos EUA aterrissando no navio de assalto anfíbio USS Wasp
    © REUTERS / US Marine Corps/Lance Cpl. Remington Hall/Handout
    Entretanto, durante a fase final de testes, a aeronave apresentou alguns problemas persistentes, como os que envolveram o sistema de visão remota, impedindo o operador do "boom" de reabastecimento de guiá-lo até o receptáculo da aeronave receptora, o que pode danificar os caças no momento do reabastecimento.

    Outro problema que este aparelho enfrentou estava relacionado com o sistema drogue de linha central, que desconectava inesperadamente da aeronave receptora.

    Isso não tira o mérito da aeronave, que provavelmente será muito útil aos EUA, pois serão capazes de alcançar zonas de combate distantes, podendo apoiar os demais aviões que precisem de combustível, poupando tempo, segundo o artigo publicado pela revista The National Interest.

    O Boeing KC-46 Pegasus é uma aeronave militar desenvolvida com base na linha de aviões comerciais 767-200, utilizando também tecnologias dos 767-300F e 767-400ER.

    O sistema utilizado pelo reabastecedor é capaz de transferir 4.500 litros de combustível por minuto, isso significa que ele é capaz de completar o tanque de um F/A-18 em pouco mais de um minuto.

    Além da missão de reabastecimento, a aeronave também poderá participar de operações de busca e salvamento, apoio em combate e transporte.

    Ou seja, futuramente, os caças dependerão da eficiência do Pegasus para voarem mais longe, principalmente em um eventual conflito, onde a aeronave seria de grande importância, economizando tempo e elevando as chances da Força Aérea dos EUA.

    Mais:

    EUA atualizam caças F-35, demonstrando insegurança diante dos S-300 na Síria, diz mídia
    Pentágono suspende operações de todos caças F-35 após acidente
    Se EUA usarem caças furtivos na Síria, S-300 russos os detectarão, assegura analista
    Tags:
    avião, transporte aéreo, reabastecimento, avião de transporte, Boeing, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik