01:07 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Caça MiG-31 com mísseis hipersônicos Kinzhal

    Analista: inteligência dos EUA poderia ter visto novos mísseis russos

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Defesa
    URL curta
    2141

    A inteligência norte-americana poderia ter visto os novos mísseis antissatélite russos, que são uma modernização de armas existentes ainda na época da União Soviética, declarou à Sputnik o analista militar Konstantin Sivkov nesta sexta-feira (26).

    Como relatado anteriormente, o canal CNBC informou que, até 2022, a Rússia adotará em serviço mísseis supostamente capazes de derrubar satélites.

    "Trata-se do desenvolvimento do míssil que integra o armamento do MiG-31 desde os tempos soviéticos, destinado a derrubar satélites em órbitas baixas", comentou Sivkov. 

    No entanto, o analista não mencionou o nome do míssil ou suas características específicas, alegando o sigilo do projeto. 

    A mídia ocidental informou recentemente que, em setembro, um caça russo MiG-31 teria sido flagrado na região de Moscou portando um míssil que pode ser destinado a derrubar satélites em órbita terrestre.

    Mais:

    Exército israelense registra lançamento de míssil da Faixa de Gaza
    Trump teria confundido vídeo antigo sobre Coreia do Norte com lançamento de míssil ao vivo
    Caça russo MiG-31 é flagrado portando míssil antissatélite (FOTOS)
    Tags:
    satélite, míssil, MiG-31, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik