15:37 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Míssil balístico intercontinental de médio alcance Pershing II na base norte-americana na Alemanha

    Megaexercícios da OTAN podem trazer guerra nuclear para atualidade?

    © AP Photo / Thomas Kienzle
    Defesa
    URL curta
    3123

    OTAN e seus aliados estão realizando as maiores manobras militares já vistas após a Guerra Fria, contando com mais de 50 mil soldados de 31 nações. Porém, alguns críticos estão considerando que toda essa força utilizada durante as manobras seja algo “insano”, pois está elevando o risco de uma nova guerra.

    David Swanson, ativista e escritor norte-americano, disse à Sputnik Internacional que o verdadeiro objetivo da OTAN com os exercícios militares Trident Juncture não está claro, acrescentando que "os treinamentos de guerra, ou jogos de guerra, são simplesmente insanos", sendo "ótimos para vender armamentos; são ótimos para intensificar hostilidades e manter inimigos que possibilitam venda de armas, mas eles estão arriscando [início de] enorme guerra. E eles põem em risco [início de] guerra nuclear".

    Diante da situação, foi criada uma petição que juntou 10 mil assinaturas para a não realização dos exercícios militares Trident Juncture da OTAN na Noruega. Para Swanson, esses exercícios envolvendo OTAN, EUA e outras nações são "uma loucura".

    "Nós poderíamos contar com a sorte por anos ou décadas, de qualquer maneira, a catástrofe da mudança climática nos destruiria, mas as chances estão contra isso. A sorte não permanece por tanto tempo", afirmou Swanson.

    De acordo com o escritor, um protesto contra a violência estaria sendo organizado contra as ações da OTAN, que possui planos de celebrar o 70° aniversário no dia 4 de abril, em Washington.

    Ele também acredita que toda essa hostilidade seja direcionada à Rússia, já que o secretário de segurança nacional norte-americano, John Bolton, vê a Rússia como ameaça a ser eliminada.

    Os EUA gastam hoje em dia cinco vezes mais com as forças militares e armamentos, entretanto foi deixado para trás pela China que está elevando tecnologia gastando um valor inferior ao dos EUA, isso mostra que algo está errado e que não há como entender onde todo esse dinheiro está sendo gasto, adicionou.

    Observando o cenário atual e as decisões norte-americanas, David Swanson acredita que os líderes norte-americanos estejam aproximando o país do "juízo final".

    Mais:

    2 fragatas lideram frota britânica nas manobras da OTAN no Ártico
    'Guerra Fria a uma velocidade recorde'? Manobras da OTAN causam preocupações na Noruega
    OTAN estaria desenvolvendo novas táticas para combater submarinos russos, diz especialista
    Tags:
    exercício militar, manobras, guerra nuclear, Guerra Fria, OTAN, Mundo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik