13:45 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Caça da quinta geração Su-57

    Imprensa ocidental receia aeronave russa da '3ª Guerra Mundial'

    © Sputnik / Aleksei Kudenko
    Defesa
    URL curta
    18803

    O jornal britânico Daily Express denominou o caça Su-57, que recebeu o míssil hipersônico R-37, como um "aviso sobre a 3ª Guerra Mundial".

    A publicação refere que o equipamento dos caças russos de quinta geração com mísseis hipersônicos ocorre simultaneamente com a escalada da atividade na Síria.

    Segundo o jornal, o Su-57 "representará uma séria ameaça até mesmo para as aeronaves de combate mais avançadas", e o R-37 permitirá aos caças atingir objetivos de alta velocidade a uma distância superior a 300 quilômetros.

    Observa-se que essas informações já foram confirmadas por Boris Obnosov, diretor da Tactical Missiles Corporation (Corporação de Mísseis Táticos, em português).

    O início do fornecimento dos Su-57 em série para a Força Aeroespacial da Rússia está previsto para 2019. O caça multifuncional de quinta geração destina-se à destruição de todos os tipos de alvos aéreos em combate distante ou próximo, a atingir alvos terrestres e navais de superfície do inimigo com superação dos sistemas de defesa antiaérea.

    Além disso, a aeronave poderá monitorar o espaço aéreo a uma grande distância da sua base permanente. O Su-57 é capaz de destruir sistemas de controle das forças aéreas do adversário.

    Mais:

    Caça americano F-35 de nova geração cai na Carolina do Sul
    Caças russos Su-34 demonstram potencial realizando manobras na estratosfera
    Su-34 russo destrói 'navio inimigo' com 'morte supersônica' (VÍDEO)
    Tags:
    sistema de defesa antiaérea, mísseis, caças de quinta geração, Su-57, Força Aeroespacial da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik