13:47 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Lançadores de mísseis Patriot PAC-3 na base aérea norte-americana Kadena, Japão

    Estados Unidos declaram estar prontos para conduzir operação em todo o Oriente Médio

    © AP Photo/ Itsuo Inouye
    Defesa
    URL curta
    171031

    As forças americanas estão prontas para realizar operações no Oriente Médio e reagir aos acontecimentos na região, declararam à Sputnik no Comando Central dos EUA em meio à notícia sobre retirada de sistemas de mísseis de uma série de países da região citada acima.

    Na quarta-feira (26), o jornal The Wall Street Journal relatou, citando fontes do Pentágono, que os Estados Unidos retirarão de países árabes parte de seus sistemas antimísseis e antiaéreos para concentração de forças em outras ameaças, em especial, da China e da Rússia. Quatro sistemas norte-americanos antimísseis Patriot vão ser retirados da Jordânia, Kuwait e Bahrein, revelou o WSJ.

    Posteriormente, autoridades do Estado-Maior do Kuwait revelaram decisão conjunta com os EUA quanto à retirada parcial dos sistemas antimísseis Patriot do emirado, referindo-se à ação americana como "rotineira".

    O tenente-coronel Earl Brown do Comando Central norte-americano disse à Sputnik que "devido a preocupações com segurança operacional, não vamos discutir a movimentação de específicas capacidades dentro e fora da área de responsabilidade do Comando Central dos EUA", ressaltando que "as forças dos EUA permanecem prontas para conduzir operações em toda a região e para responder a qualquer contingência".

    Mais:

    Mídia: EUA planejam retirar alguns dos seus sistemas de mísseis do Oriente Médio
    Rússia: EUA reforçam potencial militar no Oriente Médio para atacar forças sírias
    Rússia estaria expulsando EUA do Oriente Médio?
    Tags:
    atividades militares, operações militares, mísseis estratégicos, sistema de defesa de mísseis, Oriente Médio, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik