15:15 14 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Drone (foto de arquivo)

    A quem fornece Rússia seus avançados fuzis antidrone?

    © Sputnik / Aleksei Danichev
    Defesa
    URL curta
    5281

    O vice-diretor-geral do consórcio Avtomatika, que faz parte da estatal russa Rostec, Sergei Bukashkin, contou sobre as armas avançadas que a Rússia exporta para outros países.

    No seu relatório ao ministro da Indústria e do Comércio, o diretor técnico Bukaskin relatou que a empresa fornece fuzis antidrone Pischal e sistemas eletrônicos fixos Taran à Sérvia a à Ossétia do Sul.

    Drone norte-americano RQ-4 Global Hawk. Esta é uma das aeronaves estacionadas na base aérea de Al-Dhafra
    © AP Photo / Northrop Grumman via U.S. Navy, Erik Hildebrandt
    Ao mencionar as capacidades do equipamento, Bukaskin explicou que o sistema antidrone Taran tem um alcance de três quilômetros e o fuzil Pischal — de 2,5 quilômetros.

    O vice-diretor também mencionou a versão do sistema antidrone baseada no veículo militar Tigr, cujo alcance atinge 10 quilômetros.

    Anteriormente, representantes do consórcio informaram que o fuzil Pischal passou com êxito por testes e deverá ser usado pelo exército russo a partir do ano 2019.

    O fuzil antidrone eletrônico Pischal pesa três quilos, sendo capaz de detectar um alvo e suprimir seu sistema de navegação e comunicação em todas as frequências.

    Mais:

    Morte silenciosa: mídia americana elogia novo lança-minas russo
    EUA constroem interceptor dos mísseis hipersônicos russos Kinzhal
    Tags:
    antidrone, fuzis, armas, Rostec, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik