09:16 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA

    Empresa estadunidense estaria elaborando 'híbrido' de F-35 e F-22 para conter Rússia

    © AP Photo / Greg Baker
    Defesa
    URL curta
    9612

    A empresa estadunidense Lockheed Martin propôs à Força Aérea dos EUA criar uma nova versão do caça multifuncional de 5ª geração F-22 Raptor, comunica a mídia.

    De acordo com o portal Defense One, o produtor apresentou aos militares uma "versão hibrida" com caraterísticas combinadas dos F-22 e F-35. Um avião baseado no Raptor teria a bordo os equipamentos do F-35 e passaria por uma série de mudanças na estrutura relacionadas com as tecnologias furtivas.

    "Lockheed propõe várias versões aos militares norte-americanos e seus aliados: a empresa tenta entender como é que se pode modernizar os caças para oferecer oposição à ameaça representada pela Rússia e pela China no prazo dos próximos 10 anos", asseguram os interlocutores do portal.

    Frisa-se que o consórcio está promovendo a venda destes modelos "híbridos" inclusive para o Japão.

    O F-35 é o segundo caça estadunidense de 5ª geração produzido em série, depois do F-22 Raptor. Ambas as aeronaves são fabricadas pela empresa norte-americana Lockheed Martin. Os aviões são frequentemente criticados por seu alto preço e toda uma série de falhas técnicas. Assim, em outubro do ano passado foram revelaram queixas apresentadas por pilotos dos F-35 sobre falta de oxigênio, enquanto em novembro o Pentágono parou o processo de entregas do caça ao exército devido a ferrugem.

    Mais:

    Rússia seria capaz de aniquilar F-22 e bombardeiros B-2 utilizando o novo sistema S-500?
    F-22 e F-35 'se enfrentam' na Noruega por causa da Rússia (VÍDEO)
    F-22 e F-35 são 'predadores rastejantes', enquanto Su-35 russo é 'caçador', diz analista
    Tags:
    caça, F-35, F-22, Lockheed Martin, China, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik