10:53 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Sistemas de defesa antimísseis S-400 da Rússia (foto do arquivo)

    Turquia confirma de novo intenção de comprar mísseis S-400, apesar da pressão dos EUA

    © Sputnik / Sergey Malgavko
    Defesa
    URL curta
    2120

    A Turquia espera receber proximamente os sistemas de mísseis antiaéreos russos S-400, apesar da pressão dos EUA, anunciou o presidente do país Tayyip Erdogan.

    "Quando mísseis vindos do território sírio nos caíam em cima, os nossos cidadãos morriam e ficavam feridos, os nossos parceiros [da OTAN] começaram a remover os seus sistemas de defesa antiaérea localizados na Turquia. Nós precisamos de tais sistemas, mas eles se recusaram a vendê-los. Quando nós procuramos resolver a questão por nós próprios, eles nos colocam obstáculos. A Turquia precisa dos S-400, a questão desse contrato está resolvida. Esperamos receber proximamente esses sistemas", declarou Erdogan falando em Balıkesir.

    Ele criticou os EUA pelas tentativas de relacionar os fornecimentos dos S-400 e dos caças norte-americanos de quinta geração F-35. "Mesmo os fornecimentos já pagos eles procuram parar. Nós já pagamos 900 milhões de dólares [cerca de 3,7 bilhões de reais]. Devem nos fornecer 120 aviões F-35", acrescentou Erdogan.

    Em dezembro de 2017, a Turquia e a Rússia assinaram um contrato de crédito para a entrega de sistemas S-400. Ancara deverá comprar duas baterias de mísseis, que serão operadas por pessoal turco.

    As partes também fizeram um acordo de cooperação tecnológica para o desenvolvimento da produção de S-400 na Turquia. Os EUA e a OTAN criticaram mais de uma vez Ancara por causa desse acordo.

    Anteriormente foi informado que o Congresso dos EUA tinha a intenção de parar o fornecimento de aviões F-35 à Turquia por causa dos planos de Ancara de comprar os sistemas antiaéreos russos. Os senadores inscreveram uma emenda no orçamento de defesa, segundo a qual o secretário da Defesa devia elaborar um relatório com a avaliação das potenciais "alterações significativas" no fornecimento de aviões à Turquia. Foi proposto parar os fornecimentos até à elaboração do relatório.

    Mais:

    Turquia critica EUA por comportamento inadequado em relação aos sistemas russos S-400
    Análise: Rússia frustra EUA pela alta demanda dos S-400
    Turquia continua sob pressão americana pela aquisição do sistema russo S-400
    Forças Armadas russas incorporam mais um regimento de sistemas S-400
    Tags:
    pressão, fornecimento, S-400, OTAN, EUA, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik