22:02 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de lançamento de mísseis S-400 Triumph

    Turquia continua sob pressão americana pela aquisição do sistema russo S-400

    © Sputnik /
    Defesa
    URL curta
    706

    Segundo o secretário de Defesa americano, James Mattis, os EUA seguem recomendando que a Turquia não adquira os sistemas russos S-400 e, ao mesmo tempo, reconhecem que tal decisão cabe ao líder turco.

    Mattis ainda afirma que, mesmo a decisão sendo do líder turco e caso essa negociação seja concluída, tanto os EUA como os outros membros da OTAN não ficarão satisfeitos, pois a Turquia, por ser um país-membro da OTAN que adquiriria sistemas russos, provocaria uma preocupação e uma situação intolerante na Aliança Atlântica.

    Vale ressaltar que a Turquia, em dezembro de 2017, assinou acordo para adquirir dois sistemas de mísseis antiaéreos russos e, ao mesmo tempo, concordou com a Rússia cooperação tecnológica no desenvolvimento de produção no território turco do sistema russo avançado de defesa antiaérea, S-400, sendo por inúmeras vezes criticada tanto pelos EUA quanto pela OTAN.

    Os S-400 são a nova geração de sistemas de mísseis antiaéreos, capazes de destruir alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro, mísseis balísticos, inclusive de médio alcance, assim como alvos terrestres e que está se tornando um pesadelo para os EUA, pois vem despertando o interesse de vários outros países.

    Mais:

    Forças Armadas russas incorporam mais um regimento de sistemas S-400
    S-400 russo? Seu pesadelo nem se compara ao dos EUA
    EUA ameaçam países que querem adquirir S-400 russos
    Tags:
    defesa antimísseis, defesa aérea, sistema antimísseis, sistema antiaéreo, S-400 Triumph, S-400 Triumf, S-400, Rússia, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik