05:22 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Míssil balístico intercontinental Topol-M é mostrado durante o fórum militar EXÉRCITO 2018

    Análise: fórum russo EXÉRCITO é plataforma para cooperação militar fora da OTAN

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Defesa
    URL curta
    2170

    Entre 24 de agosto e 2 de setembro, no aeródromo moscovita de Kubinka está decorrendo o famoso fórum militar EXÉRCITO 2018. Além de centenas de equipamentos avançados russos expostos na mostra, o evento conta com a participação de numerosas delegações estrangeiras. A Sputnik falou com os visitantes iranianos para descobrir suas impressões.

    Ao falar com a Sputnik Persa, o membro da Diretoria da União da Indústria Militar Aeroespacial do Irã, Reza Aslani, deu uma elevada avaliação à organização do evento e à importância internacional dele.

    "Fórum EXÈRCITO é a maior demonstração dos modernos armamentos e equipamentos russos que decorre pela quarta vez neste ano. Mas não é apenas uma exposição com vários espaços: é um evento de grande escala que inclui não só exemplares de novíssimas peças militares, mas também várias conferências, palestras e apresentações", disse.

    O interlocutor da Sputnik relembrou que Kubinka foi um dos últimos povoados onde foi parada a ofensiva da Alemanha nazista contra Moscou.

    "É um lugar de glória militar do povo russo, aqui há muitos museus dedicados a temas militares, que nós também conseguimos visitar durante o fórum", compartilhou.

    Aslani adiantou que, embora neste ano o Irã não tenha sua própria exposição, o evento tem "importância enorme" para o país, enquanto a delegação de alto nível recebeu um convite oficial do Ministério da Defesa russo.

    "Além disso, contamos com que a exposição, a nível privado, seja visitada por cerca de 100 especialistas iranianos e, se não fosse a crise financeira dos últimos anos, seu número seria muito maior", acrescentou.

    Segundo o entrevistado da Sputnik, no âmbito do fórum a Rússia tenciona ampliar a diversidade da sua indústria militar e, além disso, criar uma "plataforma para uma integração mais estreita entre os países que não integram a OTAN no setor técnico-militar". Em outras palavras, diz Aslani, paralelamente com o desenvolvimento do mercado de armamentos interno, Moscou aumenta o número de parcerias bilaterais e multilaterais.

    "O fórum EXÈRCITO tem, claramente, um caráter técnico-militar, mas não é um evento meramente militar. É uma plataforma enorme de tecnologias, onde se pode apresentar produtos inovadores tanto de caráter militar quanto civil", resumiu.

    Mais:

    Subir em um tanque e pegar um Kalashnikov: como é o fórum militar EXÉRCITO 2018
    Estes são 7 sinais de que exército chinês está ficando cada vez mais perigoso
    Modernização do exército russo: como decorre e por que não pode ser descartada
    Tags:
    fórum militar, armamentos, OTAN, Ministério da Defesa (Rússia), Irã, Kubinka, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik