22:23 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Bombardeiro estratégico B-52 da Força Aérea dos EUA

    Bombardeiro dos EUA cruza zona de defesa aérea chinesa

    © Boeing
    Defesa
    URL curta
    121019

    Na quinta-feira (23), um bombardeiro norte-americano B-52 cruzou a zona de defesa aérea chinesa nas ilhas Senkaku (águas do mar da China Oriental), informou o portal Aircraft Spots.

    Segundo o portal, dedicado ao estudo de dados de aeronaves militares, o bombardeiro estratégico de longo alcance B-52, com número POSSE02, decolou da base aérea norte-americana de Andersen, na ilha de Guam, no oceano Pacífico.

    A aeronave fez um reabastecimento em voo com o KC-135R TETRA21 sobre o mar das Filipinas e entrou na zona de defesa aérea chinesa. Depois o avião sobrevoou a fronteira local e retornou para Guam.

    A zona, criada pelo Ministério da Defesa da China em novembro de 2013, inclui as ilhas controladas pelo Japão, mas que são reivindicadas por Pequim. Todos os aviões que cruzam esta zona de defesa aérea devem cumprir certas obrigações.

    Mais:

    Caça russo de 5ª geração será equipado com inteligência artificial, diz fonte
    Rússia está desenvolvendo novo caça de decolagem vertical
    Surge na web 1ª FOTO do caça Su-57 com novo sistema de aquisição de alvos
    Tags:
    bombardeiro estratégico, defesa aérea, B-52, Ministério da Defesa da China, Japão, Pequim, Ilhas Senkaku, Mar da China Oriental, oceano Pacífico, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik