04:00 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado russo frente ao míssil Iskander-M de curto alcance durante um exercício envolvendo unidades de mísseis e artilharia

    Revista americana nomeia setores militares em que Rússia é superior aos EUA

    © Sputnik / Sergey Orlov
    Defesa
    URL curta
    5253

    Como disse a pesquisadora sênior do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, Lisa Sawyer Samp, o exército russo está à frente do norte-americano na esfera da criação de uma "área de defesa" dissuasora com a ajuda de sistemas de mísseis de longo alcance, no combate de armas combinadas e também em guerras cibernéticas.

    Samp destacou que o atraso dos Estados Unidos em relação à Rússia é mais do que real, e é claramente evidente na Europa Central e Oriental. E embora a rivalidade entre Moscou e Washington ao redor do mundo parece duvidosa, a Rússia tem certo potencial e recursos para enfrentar os desafios dos EUA e seus aliados em uma determinada região, disse a especialista.

    A ex-subsecretária de Defesa dos EUA, Evelyn Farkas, afirmou que a Rússia, diferentemente dos Estados Unidos, é muito competente na modernização de suas Forças Armadas, apesar de não gastar tanto como os EUA com defesa. Moscou está aumentando suas forças em áreas-chave, com aumento de mísseis de cruzeiro e sistemas de defesa antiaérea, que no futuro causará grandes problemas para os norte-americanos.

    A reforma das Forças Armadas da Federação da Rússia foi anunciada em 2008 em uma reunião privada do Ministério da Defesa do país.

    O programa de modernização inclui, entre outras coisas, a organização de unidades e conexões em toda a Rússia, com uma grande variedade de sistemas e complexos — desde os mais recentes caças até tanques atualizados.

    Desse modo, somente em 2017 foram adotados 16 navios, dentre eles — navios de guerra, 190 aeronaves e helicópteros modernos, 800 tanques e veículos de combate blindados, 170 sistemas e complexos de mísseis antiaéreos e 1.950 veículos multifuncionais.

    Mais:

    National Interest revela 'pontos fracos' do F-22 que permitirão Su-35 russo vencer
    National Interest: Guerra Fria vai esfriar as cabeças, beneficiando a Rússia e os EUA
    National interest: americanos não querem arriscar suas vidas pela Ucrânia
    National Interest: um destróer da enfraquecida frota britânica não pode assustar a Rússia
    Tags:
    tanques, navio, aeronaves, forças armadas, defesa aérea, americano, russo, militar, Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), The National Interest, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik