20:54 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Corveta da Marinha russo Sovershenny do projeto 20380

    Que vantagens terá Marinha da Rússia com novos navios de guerra?

    © Sputnik / Vitaliy Ankov
    Defesa
    URL curta
    2150

    Em 2022, a Marinha da Rússia receberá em seu serviço novas corvetas com capacidades avançadas. Quais são suas peculiaridades exatas?

    O escritório de projetos navais russo Almaz está criando uma corveta multifuncional do projeto 20386 que deveria substituir as corvetas do projeto 20380 (20385). Está previsto que novo navio será capaz de resolver tarefas adicionais, inclusive nas zonas longínquas dos mares e oceanos.

    "As peculiaridades principais da corveta perspectiva é seu armamento equilibrado, que inclui exemplares instalados temporariamente em versão modular, um sistema de informação e controle integrado em arquitetura aberta, novas armas de guerra eletrônica e sistemas robotizados", declarou o diretor-geral do Almaz, Aleksandr Shlyakhtenko.

    Em suas palavras, no projeto foi aplicada uma forma do casco que "corta" as ondas e será instalada uma unidade propulsora de turbina a gás combinada com propulsão elétrica parcial.

    Além disso, é prestada uma atenção especial à proteção de campos físicos: acústico, térmico e magnético.

    "Outra particularidade do projeto é a tripulação reduzida, as condições de alojamento melhoradas e a autonomia de navegação aumentada", sublinhou.

    Vale destacar que as novas corvetas terão armamentos de instalação temporária, para armazenagem dos quais está especialmente previsto um compartimento de carga.

    A maior diferença que distingue as novas corvetas das anteriores é o uso de sistemas de combate robotizados. "Assim, há planos de posicionar nos navios os aparelhos voadores de controle remoto, submersíveis autônomos e lanchas não tripuladas", explicou.

    A construção do navio líder do projeto 20386 — a corveta Derzky — foi iniciada ainda em 2016. Planeja-se que entrará em serviço da Marinha russa em 2022.

    Corvetas são embarcações destinadas a levar a cabo missões em zonas marítimas próximas, possuem grande capacidade de manobra e excelente navegabilidade. Além disso, contam com tecnologias furtivas.

    Mais:

    Mídia: sistema de mísseis Iskander pode ser o mais novo destruidor de navios russos
    Analista explica por que navios dos EUA são inferiores à fragata russa Admiral Kasatonov
    Mais um navio de guerra da Marinha americana entra no mar Negro (FOTO)
    Confira navio de guerra russo 'mais fortemente armado no mundo', segundo mídia americana
    Tags:
    tecnologias modernas, controle remoto, navios de guerra, corveta, avanço, Escritório Central de Construção Naval Almaz, Marinha da Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik