14:55 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Logotipo do grupo norte-americano Lockheed Martin (imagem de arquivo)

    Força Aérea americana aloca quase US$ 3 bilhões para construção de naves espaciais

    © AFP 2018 / PIERRE VERDY
    Defesa
    URL curta
    844

    A gigante do setor aeroespacial Lockheed Martin ganhou cerca de 3 bilhões de dólares do Departamento de Defesa dos Estados Unidos para construir três veículos espaciais para a Força Aérea americana.

    De acordo com o Pentágono, as naves irão operar em órbitas geoestacionárias, a cerca de 35 mil quilômetros acima do planeta Terra. 

    "A Lockheed Martin Space Systems, de Sunnyvale, Califórnia, recebeu um contrato não definido de US$ 2.935.545.188 para três veículos aéreos de órbita terrestre com infravermelho persistente de alta geração", diz o comunicado divulgado nesta terça-feira.

    Na última segunda-feira, após a assinatura, pelo presidente dos EUA, Donald Trump, do Ato de Autorização de Defesa Nacional de 2019, a Força Aérea anunciou a liberação de US$ 480 milhões para a Lockheed Martin para iniciar o projeto de um segundo protótipo de arma hipersônica. Em abril, a empresa já tinha ganhado um contrato de US$ 930 milhões para desenvolver o primeiro protótipo, como parte da estratégia de Washington para competir com Rússia e China no setor de armamentos hipersônicos.

    Mais:

    Internautas fazem chacota de possíveis logos da Força Espacial americana (FOTOS)
    Agência espacial russa confirma construção de Angosat-2 após lançamento fracassado
    Embaixada russa zomba de criação da nova Força Espacial dos EUA
    EUA querem criar força militar espacial até 2020
    Tags:
    veículo espacial, naves, defesa, Lockheed Martin, Pentágono, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik