21:36 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Navio chinês mostra suas capacidades durante manobras (imagem ilustrativa)

    Marinha chinesa prova suas capacidades no mar da China Oriental

    © AP Photo / Xinhua, Wu Dengfeng, File
    Defesa
    URL curta
    221

    Navios chineses interceptaram mísseis no decurso das manobras efetuadas no mar da China Oriental.

    A Marinha da China realizou exercícios de defesa aérea e antimíssil com fogo real nas águas do mar da China Oriental, informou na segunda-feira (13) o jornal militar oficial chinês PLA Daily. Mais de dez navios participaram das manobras, durante as quais foram intercetados diversos mísseis antinavio.

    Os navios tinham como missão detectar múltiplos mísseis e escolher um método apropriado para interceptá-los. A fragata de mísseis Meizhou da Frota Marítima do Sul da China abateu um míssil antinavio na primeira tentativa.

    De acordo com o especialista militar Song Zhongping, os exercícios ajudarão a "fortalecer a capacidade de defesa em resposta a possíveis ameaças de mísseis antinavio do Japão, Estados Unidos e outros países próximos à China". Além disso, os sistemas antimíssil no mar contribuirão para proteger as áreas costeiras do país.

    "A capacidade antimíssil é essencial para construir uma Marinha estratégica e totalmente funcional, de maneira a garantir que o Exército Popular de Libertação (PLA) esteja preparado para combater", destacou.

    De 10 a 13 de agosto, a Marinha chinesa efetuou manobras navais "importantes" para garantir segurança do país.

    Mais:

    Novo foco de tensão? Bombardeiros dos EUA aparecem sobre mar da China Oriental
    China confirma testes bem-sucedidos de míssil hipersônico (VÍDEO)
    China protesta contra Ato de Autorização de Defesa Nacional dos EUA
    Tags:
    intercepção, manobras navais, navios de guerra, míssil, Marinha da China, Mar da China Oriental
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik