21:19 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018

    EUA aumentam orçamento militar para conter 'concorrente' russo

    © AP Photo / Hussein Malla
    Defesa
    URL curta
    937

    Os legisladores norte-americanos planejam prolongar a proibição da cooperação entre os militares dos EUA e da Rússia, segundo revela o relatório do Congresso.

    Vale destacar que no documento, a Rússia é chamada de "concorrente" dos Estados Unidos.

    "Os militares estadunidenses enfrentam desafios em muitas frentes, incluindo um aumento alarmante do número de incidentes graves no âmbito dos treinamentos; o renascimento de concorrentes como a Rússia e a China; ambições nucleares do Irã e da Coreia do Norte; necessidade de controlar a pressão sobre Daesh e Al-Qaeda [grupos terroristas proibidos na Rússia e em outros países] e outras organizações terroristas", diz o documento.

    "A lei sobre a defesa nacional para o ano fiscal de 2019, aplica novas reformas alvejadas para acelerar o processo de aprovação de decisões e manobrabilidade militar", destaca.

    O valor do projeto do orçamento militar prevê US$ 717 bilhões (R$ 2,7 trilhões). No entanto, antes de entrar em vigor, o programa deve ser aprovado por ambas as câmaras do Congresso e assinado pelo presidente dos EUA.

    Atenção especial é dedicada à Rússia em relação ao projeto de orçamento de defesa. Para "prestar resistência", os EUA planejam tomar os seguintes passos: "proibir a cooperação militar da Rússia; garantir flexibilidade aos parceiros estratégicos e aliados na transferência do uso de armas russas para as americanas, e proibir o governo dos EUA de reconhecer a reintegração da Crimeia". Além disso, o orçamento militar para 2019 prevê destinar US$ 250 milhões (R$ 94,4 milhões) para fornecer armas letais à Ucrânia.

    A razão oficial que explica as ações mencionadas acima consiste em que a "Rússia violou os acordos cruciais sobre o controle de armamentos, ampliou e modernizou seu potencial nuclear, testou armas espaciais e usou tecnologias para desestabilizar seus vizinhos".

    Mais:

    Estados dos EUA pedem proteção contra ciberataques nas próximas eleições
    General americano revela quantos militares EUA têm no estrangeiro
    Programa caro, avião barato: F-35 dos EUA se tornaria o caça ocidental mais competitivo?
    Especialista: Rússia tem vantagem sobre EUA em certos produtos militares
    Tags:
    concorrência, gastos, orçamento militar, Congresso dos EUA, China, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik