08:08 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Navios militares da OTAN participam dos exércicios no mar Negro, 16 de março de 2016

    Stoltenberg: OTAN manterá presença no Mar Negro

    © AFP 2018 / DANIEL MIHAILESCU
    Defesa
    URL curta
    815

    A OTAN pretende manter sua presença militar na região do Mar Negro e ampliará cada vez mais as suas capacidades, declarou nesta quarta-feira o secretário-geral da aliança, Jens Stoltenberg.

    "Tomamos uma decisão. Vamos realizar a nossa presença na Roménia e na Região do Mar Negro. Além disso, vamos manter as nossas posições estratégicas e o nosso potencial naval e militar. Temos o objetivo de continuar ampliando as nossas possibilidades e de ampliar o poder militar em caso de necessidade", disse Stoltenberg aos jornalistas depois da primeira reunião plenária do Conselho da OTAN de altíssimo nível.

    Segundo o secretário-geral da organização, a iniciativa "4 de 30" para a prontidão das tropas, aprovada pela cúpula da OTAN, será fundamental para garantir esse processo. A medida contempla a formação, até o ano 2020, de uma força operacional composta por "30 batalhões motorizados, 30 esquadras, 30 navios de guerra, prontos para atuar num prazo de 30 ou menos dias". 

    A cúpula da OTAN em Bruxelas está sendo realizada nos dias 11 e 12 de julho, tendo como pano de fundo as discussões entre os EUA e os países europeus em torno da saída de Washington do acordo nuclear com o Irã, bem como as discussões sobre as despesas de cada país para a manutenção da aliança. 

    Mais:

    'Batalha mortal entre Rússia e OTAN': mídia chinesa aponta metas da Aliança no mar Negro
    Polícia Aérea da OTAN escolta aviões militares russos sobre mar Báltico
    Perigo perto das fronteiras: Frota do Mar Negro vigia manobras da OTAN
    OTAN prepara exercícios militares no Mar Negro
    Navios de guerra da OTAN ampliam presença no mar Negro e desafiam hegemonia russa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik