07:54 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Helicóptero de combate Mi-35M

    Descubra as principais vantagens do renovado helicóptero Mi-35M

    © Foto: Vertolyoty Rossii (Helicópteros da Rússia)
    Defesa
    URL curta
    0 160

    O Mi-35M é uma atualização significativa do Mi-35: um helicóptero que já passou no teste do tempo. Esta máquina de combate demonstrou uma performance extremamente promissora e popular e nos anos 90 decidiu-se dar-lhe uma segunda vida.

    A nova reencarnação do mítico helicóptero de apoio de fogo é o helicóptero de combate russo com maior demanda no mercado internacional. O Mi-35M faz parte das Forças Armadas de 11 países, incluindo a Rússia, e ainda há muito interesse nesta aeronave.

    O segredo do Mi-35M tem sido uma modernização que permitiu ao helicóptero entrar no século XXI sem ficar para trás, mas ao mesmo tempo mantendo as vantagens da versão original.

    Mais ágil e mais furtivo

    As hélices do Mi-35M são as mesmas do moderno helicóptero de combate Mi-28N Nochnoi Okhotnik (Caçador Noturno, em português), disse ao canal de TV russo Zvezda Vyacheslav Poluyakhtov, professor de ciências tecnológicas e piloto militar.

    Graças às suas hélices, o Mi-35M pode voar mais rápido e emitir 20% menos ruído. Além disso, o novo motor de cauda proporciona maior estabilidade durante o voo.

    Além das hélices, o Mi-35M herdou do Mi-28N todo o seu sistema propulsor, que oferece melhores características de durabilidade e robustez contra "danos de combate".

    A aeronave também tem novos motores que são mais resistentes ao calor e operam melhor em grandes altitudes. Por essa razão, o teto estático do helicóptero aumentou em 25% e sua velocidade de subida em 50%.

    Asas mais curtas e mais fortes

    Segundo o especialista, as asas do helicóptero foi o único ponto controverso na versão renovada da aeronave. Para ele, a única desvantagem das asas em relação às antigas é o fato de asas mais longas libertarem as hélices de uma parte da carga quando são atingidas velocidades máximas.

    Mas "os helicópteros tendem a voar a mais de 300 quilômetros por hora na vida real?", perguntou-se o piloto militar. Ao mesmo tempo, as asas mais curtas reduzem o peso do Mi-35M e diminuem seu arrasto aerodinâmico. Além disso, as novas asas têm um sistema de carregamento de armas integrado, o que facilita muito o processo de armar o helicóptero.

    De fato, o chassi do novo helicóptero não é retrátil, como em sua versão original, pelo mesmo motivo: isso reduz o peso do helicóptero, esclareceu o especialista.

    Digitalização total

    Além da seção propulsora, a aviônica do Mi-35 foi renovada. A versão atualizada com os sistemas mais atuais melhora a eficácia do trabalho dos pilotos e expande suas capacidades.

    Ao mesmo tempo, a cabine da tripulação manteve seu conceito original, assim, "um piloto que dirigia um Mi-24 levará apenas alguns minutos para se adaptar à cabine renovada", explicou ele.

    Os novos equipamentos eletrônicos permitem realizar ataques com maior precisão e também são usados para voar à noite e em condições climáticas adversas.

    Armado até os dentes

    O Mi-35M é capaz de transportar e operar até 8 mísseis Shturm-V e Ataka-M controlados remotamente. Ele também possui uma torre que transporta um canhão emparelhado de 23 milímetros.

    Como resultado desta modernização, o Mi-35M atende a todas as exigências do combate moderno.

    Versatilidade inigualável

    Apesar da capacidade e versatilidade desta máquina, o especialista enfatizou que sua maior vantagem está na praticidade de seu uso para as forças armadas. Em primeiro lugar, o helicóptero compartilha vários de seus componentes com outros equipamentos em serviço das Forças Armadas da Rússia.

    Isso significa economia em manutenção por não precisar de ferramentas e peças separadas, além de facilitar muito o treinamento de técnicos e tripulação.

    "O helicóptero continua tendo um sistema de controle duplicado que facilita a formação dos pilotos. Por exemplo, nos Mi-28N há apenas um controle de voo, então os pilotos aprendem a dirigir um Mi-24 e somente depois passam para o Mi-28N", elucidou o especialista.

    Concluindo, a principal vantagem do Mi-35M é seu baixo custo. Esse helicóptero pode não ser tão moderno quanto o Ka-52 ou o Mi-28N, mas seu custo de vida é mais baixo, é mais fácil treinar os recursos humanos de que necessita e possui muitos pontos em comum a nível técnico com o Mi-24 e o Mi-28, o que é importante no campo de batalha.

    Mais:

    'Calcanhar de Aquiles': Estados Unidos encontram problema em helicópteros militares Apache
    Força Aérea Síria divulga FOTOS de seu caça mais potente
    Caça russo Su-57 custa 2,5 vezes menos do que jato americano F-35, diz parlamentar
    Tags:
    mísseis, renovação, helicóptero, Mi-24, Mi-28, Ka-52, Mi-35, Forças Armadas da Rússia, Força Aérea da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik