13:36 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Tanques de combate de Abrams da 4ª Divisão de Infantaria do Exército dos EUA, a 3ª Brigada de Combate da Equipa, do 68º Armamento do Regimento e do 1º Batalhão de vagões chegam à estação ferroviária de Gaiziunai a cerca de 110 km a oeste da capital Vilnius, Lituânia.

    Tanques norte-americanos Abrams incorporam sistema de defesa israelense

    © AP Photo / Mindaugas Kulbis
    Defesa
    URL curta
    5811

    Os tanques norte-americanos M1A2 Abrams receberam os sistemas israelenses de defesa ativa Rafael Trophy, segundo mostram as fotos das manobras da OTAN Saber Strike 2018.

    O uso do sistema israelense deverá aumentar drasticamente a viabilidade do tanque no campo de combate. O sistema protege o veículo blindado dos mísseis antitanque, criando em torno dele uma semiesfera de proteção controlada. Com ajuda de um dispositivo especial são detectadas as coordenadas da ameaça, depois o computador de bordo calcula a trajetória do míssil e procede à a sua destruição. O sistema permite repelir ataques simultaneamente de vários lados.

    Os testes dos Abrams equipados com a defesa Rafael Trophy realizados em 2017 mostraram a alta eficácia do sistema. Agora foram testados em condições próximas de combate real. O sistema Rafael Trophy já havia sido instalado no tanque israelense Merkava, bem como no veículo de transporte blindado Namer.

    O interesse em equipar tanques e outros sistemas blindados com sistemas de defesa ativa está crescendo cada vez mais. Esse sistema israelense é visto como a solução mais radical e potencialmente mais eficaz para aumentar a proteção dos veículos de combate. A atenção relativamente a tais sistemas foi também gerada pela decisão dos construtores russos de equipar o novo tanque T-14 Armata com o sistema de defesa de nova geração Afganit.

    A história dos sistemas de defesa ativa para os blindados começou na URSS. A defesa ativa Drozd foi instalada no tanque T-55AD ainda nos anos 80, mas o colapso da União Soviética e os problemas econômicos levaram ao congelamento dos desenvolvimentos nesta área.

    As manobras Saber Strike 2018 se realizam na Polônia e nos países Bálticos de 3 a 15 de junho com participação de 18 mil militares dos países da OTAN e uma série dos aliados da aliança.

    Mais:

    Washington inicia implantação de equipamento militar na Europa de Leste
    Por que EUA continuam testando 'cortina de ferro' depois de 13 anos de criação?
    Fornecedor de armas da OTAN tentou comprar armamento russo para Iraque
    Tags:
    manobras, veículo blindado, tanque, defesa, OTAN, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik