12:04 19 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de mísseis balísticos pela Coreia do Norte (foto de arquivo)

    Que vantagem obteve Ucrânia ao vender segredos militares à Coreia do Norte?

    © REUTERS / KCNA
    Defesa
    URL curta
    14284

    Em agosto de 2017, em várias mídias surgiram informações que tecnologias ucranianas de produção de foguetes teriam sido entregues à Coreia do Norte. O especialista na área, Aleksei Leonkov, compartilhou com a Sputnik detalhes da colaboração clandestina entre Kiev e Pyongyang.

    Após o colapso da URSS, vários escritórios de projetos, incluindo o Yuzhnoe, começaram a procurar possibilidades de participar de projetos internacionais, o que no fim das contas deu início à colaboração entre Kiev e Pyongyang na área de foguetes.

    A colaboração entre os dois países foi revelada pelos serviços secretos dos EUA, quando estes estavam investigando o programa de foguetes norte-coreano. No momento Washington percebeu com surpresa para si mesmo que "um país sempre considerado atrasado e pobre" na verdade era um polígono de testes de motores de foguetes, recordou o analista, entrevistado pela Sputnik Mundo.

    Analisando as imagens obtidas por satélites-espiões, os EUA chegaram à conclusão que os motores eram muito semelhantes aos desenvolvidos pelo escritório ucraniano Yuzhnoe, assegurou Leonkov.

    Como resultado, a Coreia do Norte obteve acesso a motores de foguetes, bem como a tecnologias de preservação de combustível para foguetes em cápsulas, o que evita a necessidade de reabastecer o foguete antes de cada novo lançamento.

    "É pouco conhecido que a Coreia do Norte, de fato, atribuiu um regime sem vistos para os especialistas ucranianos. Eles voavam à Coreia do Norte […] sem formalizar quaisquer documentos", acrescentou.

    De acordo com o analista, a colaboração, que durou aproximadamente 15 anos, foi encoberta pelo Serviço de Segurança da Ucrânia.

    Aleksei Leonkov falou também sobre o fruto dessa colaboração para Kiev.

    "Acho que a Ucrânia obteve alguma vantagem, em particular, em dinheiro. É evidente que ela não fazia aquilo para a Coreia do Norte de graça", explicou.

    Segundo ele, a colaboração com a Ucrânia contribuiu para o desenvolvimento do programa de foguetes da Coreia do Norte, contudo, os recursos que Kiev teria recebido de Pyongyang não foram utilizados para desenvolver essa mesma indústria na Ucrânia.

    "O mérito da Ucrânia neste negócio é inegável. Ela contribuiu e ganhou dinheiro, mas não se sabe como gastou esse dinheiro. É provável que tenha sido apropriado pelas autoridades. Contudo, a indústria de foguetes ucraniana não recebeu nada", destacou Leonkov.

    "Porém, agora esta colaboração os prejudica [aos ucranianos], já que ninguém, além dos norte-coreanos, lhes agradece. Por causa disso, os ucranianos perderam as chances de conseguir acesso ao mercado espacial", ressaltou o analista.

    Mais:

    Preparação para encontrar Trump? Coreia do Norte troca 3 altos oficiais militares
    Trump: desnuclearização da Coreia do Norte deve incluir seus mísseis
    Mídia relata sobre 'exigências' da Coreia do Norte aos EUA
    Tags:
    motores, foguetes, colaboração, Coreia do Norte, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik