17:59 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Submarino nuclear russo Dmitry Donskoi

    Quais são chances do submarino russo na luta contra rivais estadunidenses?

    © AP Photo/ Nanna Navntoft
    Defesa
    URL curta
    12152

    O analista da revista The National Interest, Kyle Mizokami, comparou o submarino russo K-560 Severodvinsk com o novo submarino norte-americano da classe Virginia Block III que deve entrar em serviço da Marinha dos EUA.

    Segundo o especialista, é quase impossível prognosticar o resultado de um combate hipotético entre os dois navios, porque possuem as tecnologias mais modernas capazes de neutralizar os lados fracos. Por exemplo, o Severodvinsk pode ser mais lento que seu oponente, mas o submarino russo é capaz de mergulhar a maior profundidade. O indicador limite dele corresponde a 600 metros, enquanto no caso do submarino estadunidense o mesmo limite é de 488 metros.

    Os dois submarinos são comparáveis por suas armas, embora o Severodvinsk esteja equipado com mísseis antissubmarino do sistema Club-K, graças aos quais ele pode rapidamente lançar torpedos contra o inimigo, repara o autor.

    Ao mesmo tempo, o novo submarino da classe Virginia possui um sistema de sonar mais potente e navega com menos ruído, acrescenta Mizokami. No entanto, o Severodvinsk pode atingir alvos com mísseis hipersônicos, mas os engenheiros têm que reduzir o nível de ruído para que ele possa enfrentar eficazmente o submarino norte-americano.

    Mais:

    'Submarino Khaski vai se fundir completamente com barulho do oceano global'
    'Capaz de apagar países da face da Terra': analista sobre lançamentos de submarino russo
    Ministério da Defesa russo divulga VÍDEO de submarino estratégico disparando 4 mísseis
    Tags:
    torpedo, combate, míssil hipersônico, submarino, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik