04:24 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Porta-aviões Liaoning perto do porto de Hong Kong, China, 7 de julho de 2017

    Aviões de combate realizam manobras noturnas desafiadoras em porta-aviões chinês (VÍDEO)

    © AP Photo / Kin Cheung
    Defesa
    URL curta
    3261

    Em 24 de maio, Liaoning, o porta-aviões chinês capaz de acomodar 26 aviões de combate e 22 helicópteros, completou as suas primeiras manobras de voos noturnos, informaram as mídias chinesas.

    O vídeo dos exercícios mostra como os aviões de combate chineses J-15, conhecidos como Flying Sharks (tubarões voadores), decolam e pousam no porta-aviões de 65.000 toneladas, comunicaram as mídias.

    Os pilotos começaram a se preparar para as manobras desde janeiro, já que a decolagem e pouso em condições de escuridão são considerados mais arriscados que de dia e requerem mais habilidade.

    Hoje em dia, a Marinha chinesa conta formalmente com um só porta-aviões, o Liaoning, um antigo navio soviético conhecido originalmente na década de 1980 na URSS como Riga, e mais tarde rebatizado de Varyag, que o país asiático adquiriu como sucata à Ucrânia na década de 1990 para o reconstruir e pôr em serviço em 2012.

    Mais:

    Qual é o melhor? Revista dos EUA compara caças de 5ª geração Su-57 russo e J-20 chinês
    Pequim não mudará postura sobre mar do Sul da China apesar da pressão, opinam analistas
    Navios chineses fazem patrulha marítima nas disputadas ilhas controladas pelo Japão
    Tags:
    manobras, exercícios, porta-aviões, Marinha, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik