10:34 16 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Caça F-35 da Força Aérea de Israel

    Caças estadunidenses F-35 teriam iludido mísseis russos S-300 na Síria

    © AP Photo / Ariel Schalit
    Defesa
    URL curta
    221742

    Os caças F-35I Adir israelenses de fabricação norte-americana conseguiram ficar invisíveis para os mísseis russos S-300 durante uma recente operação na Síria, escreve a revista Popular Mechanics.

    Mais cedo, Israel havia informado sobre o primeiro voo de combate dos caças F-35. Conforme as autoridades militares do país, os aviões foram usados em duas frentes, mas as operações concretas são mantidas em segredo.

    Se os sistemas antiaéreos russos tivessem conseguido detectar os caças, ressalta a edição, teriam transmitido esta informação à defesa antiaérea síria, o que impediria o cumprimento das missões de combate declaradas por Israel.

    O artigo nota que uma situação análoga teria lugar se Israel tivesse usado os aviões no Irã, país que também possui mísseis S-300.

    A revista ressalta que o elemento principal do sistema furtivo do avião é o radar de matriz ativa faseada, que não só permite mostrar o revelo e vigiar os alvos, mas também mascarar o avião, não permitindo aos sistemas radioeletrónicos inimigos detectá-lo.

    Neste mês, além de Israel, a Turquia e o Japão anunciaram que irão comprar caças F-35 aos EUA. Ancara vai receber o primeiro avião de quinta geração em 21 de junho, e em Tóquio pretendem finalizar as compras até os finais de maio.

    Mais:

    Foi F-35 israelense que causou falha no sistema de defesa antiaérea da Síria?
    General israelense conta sobre 1º uso militar de caças F-35
    Briga familiar: F-35 conseguiriam derrotar seus 'antecessores' F-22 em um potencial duelo?
    Tags:
    caça, avião, S-300, F-35, Israel, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik