17:51 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bombardeiro russo Tu-160

    Rússia reforça defesa do Ártico com bombardeiros supersônicos estratégicos

    © AP Photo / Misha Japaridze
    Defesa
    URL curta
    1260

    A Rússia planeja fortalecer a defesa do Ártico enviando bombardeiros estratégicos supersônicos Tu-160 para esta região, segundo comunicou o comandante da aviação de longo alcance da Força Aeroespacial da Rússia, Sergei Kobylash, em entrevista ao jornal do Ministério da Defesa.

    "Atualmente, o Ártico tem importância estratégica para nós e, por isso, estamos incluindo novos aeródromos e aparelhos que possam garantir a segurança do país na fronteira marítima e naquela área", explicou Kobylash entrevistado pelo Krasnaya Zvezda.

    "Nunca violamos o direito internacional, muito menos as fronteiras de outros países", acrescentou.

    O comandante russo também comentou o recente incidente em que caças F-22 dos EUA escoltaram aeronaves russas no Ártico.

    "Perto de suas fronteiras, a aviação desses países tem o mesmo direito de escoltar que nós temos ao realizar patrulhas aéreas", disse Kobylash, observando que este é um caso frequente.

    Ao mesmo tempo, o comandante assegurou "com total responsabilidade" que a aviação russa de longo alcance "não violou o direito internacional, muito menos as fronteiras aéreas de Estados estrangeiros". "Todas as tarefas que as equipes realizaram e realizam estão em total conformidade com os padrões internacionais", frisou.

    Mais:

    'Tensões no Ártico aumentam diariamente diante dos nossos olhos'
    Rei do Ártico: quebra-gelo mais poderoso do mundo é lançado à água na Rússia
    Sucessor do bombardeiro russo Tu-160 não será nada um 'avião tradicional'
    Tags:
    bombardeiro estratégico, avião, Tu-160, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik