16:18 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Submarino russo Novorossiysk da classe Varshavyanka

    'Buraco negro' do oceano: por que radares são incapazes de detectar submarinos russos

    © Sputnik / Yulia Kaminskaya
    Defesa
    URL curta
    7473

    A Frota do Mar Negro, que acaba de comemorar 235 anos, continua com seu processo de modernização. De fato, ela recebeu recentemente uma divisão de submarinos composta de seis unidades da classe Varshavyanka, que também são conhecidos pelo apelido de "buracos negros".

    A mídia russa Zvezda explicou em seu artigo por que os marinheiros russos apostaram nos navios desta série.

    O contato visual é possível somente quando um submarino desta classe navega na superfície. Ao mesmo tempo, ele é invencível tanto na superfície quanto debaixo d’água, acrescenta o artigo.

    Os submarinos desta classe são conhecidos como "buracos negros" em virtude de suas capacidades temíveis. Suas qualidades são a razão pela qual a Frota do Mar Negro se orgulha deles. É uma das armas mais poderosas disponíveis para este agrupamento naval: ela foi projetada para permanecer silenciosa ao máximo.

    "Fizemos uma travessia de São Petersburgo a Sevastopol, não era secreta, isto é, todos os países nos seguiam. Havia sempre algum controle. Quando submergimos, perderam nossa localização imediatamente", afirmou Vadim Khaustov, comandante da unidade radiotécnica e de comunicações do submarino Novorossiysk dessa classe.

    Os submarinos da classe Varshavyanka ficam prontos para submergir em 40 segundos. Apesar de poder ser comparado a um prédio de apartamentos com cinco andares escondido debaixo d’água, a velocidade de resposta é inquestionável, revela o artigo.

    Estes submarinos estão equipados com sistemas de mísseis e torpedos modernos, contam com os mais sofisticados equipamentos eletrônicos e hidroacústicos. Foi um Varshavyanka que fez um ataque exterminador contra os terroristas na Síria com o uso de mísseis de cruzeiro Kalibr.

    Essa arma subaquática é capaz de destruir alvos a uma distância de 1.500 quilômetros. Na prática, toda a região do mar Negro está sob o controle desses submarinos. A principal vantagem da classe é sua capacidade de navegar furtivamente.

    Agora, os seis submarinos da classe Varshavyanka recebidos pela Frota já estão aptos a realizar qualquer tipo de tarefas, conclui a Zvezda.

    Mais:

    Rússia inicia testes de submarino não tripulado de nova geração
    Mídia americana se assusta com submarino russo que carrega torpedo 'apocalíptico'
    1ª FOTO do futuro submarino russo revela novidades sobre seu equipamento
    Tags:
    radares, tecnologia, submarino, Frota do Mar Negro, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik