14:52 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Militares do Exército de Libertação Popular se preparam para o desfile militar comemorativo do 90° aniversário da fundação do exército, na base militar de Zhurihe na China, em 30 de julho de 2017.

    Exército da China recebe nova 'arma mortífera'

    © REUTERS / China Daily
    Defesa
    URL curta
    6575

    A Força de Mísseis Balísticos do Exército Popular de Libertação da China já recebeu em seu serviço uma nova "arma mortífera" que aumenta significativamente as capacidades de defesa do país.

    Segundo informa a agência Xinhua, o exército chinês recebeu um míssil balístico de nova geração. Se trata de um míssil de longo alcance capaz de efetuar um ataque de resposta nuclear.

    "Todo o sistema deste armamento — é um míssil balístico de produção própria, do qual a China possui todos os direitos intelectuais", comunica a agência.

    A mídia destaca que a cerimônia de admissão em serviço teve lugar há alguns dias em uma das unidades da Força de Mísseis Balísticos da China.

    A nova arma é capaz tanto de realizar um ataque de resposta nuclear, como atingir alvos terrestres e marítimos, inclusivamente navios de média e grande envergadura localizados a distâncias significativas.

    De acordo com a Xinhua, o míssil representa uma "arma mortífera", enquanto sua adoção pelo Exército da China significa um aumento das capacidades de defesa da Força de Mísseis do país.

    Mais:

    China realiza teste de míssil 'assassino de porta-aviões' estadunidense
    'Longa espada': China exibe VÍDEO chocante de teste do míssil de cruzeiro mortal
    China exibe novo míssil balístico intercontinental DF-31AG pela primeira vez
    Tags:
    resposta militar, arma, míssil balístico, Exército Popular de Libertação, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik