02:24 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Type 001A, o segundo maior porta-aviões da China

    Mídia revela quando China planeja lançar seu 2º porta-aviões

    © AFP 2018/ STR
    Defesa
    URL curta
    1150

    Segundo porta-aviões da Marinha da China (primeiro de produção própria) está se preparando para navegação de ensaio, comunica a edição estatal chinesa Global Times.

    Atualmente o navio encontra-se no estaleiro da cidade chinesa de Dalian, na província de Liaoning.

    Segundo informou a mídia na tarde de quarta-feira (11), o motor do porta-aviões foi posto em funcionamento e desde então se realizam trabalhos preparativos para verificar o estado de todos os sistemas e equipamentos do navio.

    Previamente o jornal South China Morning Post informou, citando fontes militares chinesas, que a primeira navegação de teste do novo porta-aviões está marcada para o fim de abril no mar de Bohai. Entretanto, a fonte destacou que as manobras podem coincidir com o 69º aniversário da fundação da Marinha do Exército Popular de Libertação da China, ou seja, em 23 de abril.

    Liaoning, o primeiro porta-aviões das Forças Armadas da China, foi construído nos estaleiros soviéticos e era conhecido como Varyag. A construção do navio, entretanto, foi interrompida com o colapso da União Soviética, e durante uma década sua estrutura permaneceu intacta.

    Em abril de 2017, nos estaleiros de Dalian foi lançada a construção do segundo porta-aviões (primeiro de produção própria) — o Tipo 001A.

    Quanto ao tamanho, os dois navios são muito semelhantes, o segundo porta-aviões é apenas nove metros mais comprido do que o seu antecessor. Além disso, ambos pesam entre 55 mil e 60 mil toneladas.

    Enquanto o Liaoning tem capacidade para apenas 24 aviões, o Tipo 001A pode levar até 35 aeronaves. A plataforma de lançamento do novo navio tem uma inclinação menor e passou de 14 graus, do Liaoning, para 12 graus, o que permite aumentar ligeiramente a capacidade de transporte de combustível e armas de aviões.

    Mais:

    China lidera corrida por armas eletromagnéticas em um navio de guerra
    'Baleias' russas capazes de afundar porta-aviões
    Porta-aviões mais caro na história resulta não estar pronto para serviço
    Presença de porta-aviões dos EUA no Vietnã causa 'infelicidade' na China
    Tags:
    navio de guerra, navegação, teste, porta-aviões, Exército da Libertação do Povo da China, Marinha da China, Liaoning, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik